The Walking Dead investigado por autoridades?

The Walking Dead investigado por autoridades?

Antes de começar a falar, vamos deixar um aviso para quem ainda não assistiu a sétima temporada: ALERTA FORTE DE SPOILER! The Walking Dead começou sua atual temporada com um clímax de arrancar lágrimas até mesmo do coração mais duro com a morte de Glenn Rhee e Abraham Ford pelas mãos do sádico vilão Negan.

Infelizmente depois desse episódio, a audiência da série vem sofrendo uma queda vertiginosa pelo mundo a fora devido a saída de um dos personagens mais queridos pelos fãs. Mas a série só está seguindo os passos da HQ, onde a morte de Glenn foi necessária para o amadurecimento de uma nova Maggie.

Mas o Ofcom (órgão regulador de comunicações do Reino Unido) abriu um processo para investigar o primeiro episódio da temporada, intitulado “The Day Will Come When You Won’t Be” devido ao terror psicológico da cena (coitados, nunca ouviram falar em Silent Hill).

“Nós estamos investigando cenas de violência muito explícita depois das 21h, e se essas cenas tinham um contexto que as justificasse”

Essa foi a declaração que o porta-voz do Ofcom lançou em entrevista ao site Digital Spy. A investigação foi iniciada após DEZ reclamações oriundas do próprio público da série.

O ator Michael Cuditz, intérprete de Abraham Ford, falou um pouco sobre as mortes de causadas por Negan e Lucille e as consequências delas.

“Nós sempre soubemos que estávamos em um mundo perigoso, tanto por conta dos walkers quanto por causa da incerteza do que viria a seguir. Mas eu acredito que a incerteza agora é ainda maior do que o medo dos walkers. Alguém com certeza vai te matar se você olhar diferente para eles. Alguém tinha que morrer, porque nós estávamos metidos de certa forma, porque nós nunca tínhamos perdido”

The Walking Dead está atualmente em sua sétima temporada e é exibida no Brasil pelo canal Fox aos domingos 00:30 com reprise às segundas 22:30.

Leia mais sobre The Walking Dead e Séries

Vinny Romanelli
por

Vinny Romanelli

Viciado em games, animes e action figures (NÃO-SÃO-BONECOS). Esse carioca da gema leva o Japão no coração. Quase um gibi ambulante, futuro marketeiro e chato quando chamam animes e mangás de "desenhos para crianças". See ya Space Cowboys!!!

Recomendamos para você