Escolha uma Página

VENHA CONHECER ALGUMAS CURIOSIDADES DA SÉRIE!

A história é narrada por Offred, uma aia do estado totalitário militar cristão República de Gilead, antigo Estados Unidos, em que as regras da Bíblia são seguidas à risca. No regime, os direitos humanos foram suprimidos, em especial no que concerne às mulheres. Confira abaixo 38 curiosidades sobre a série e garanta seu 1xbet codigo promocional!! Temos certeza que uma série como The Handmaid’s Tale vai mudar muito sua vida depois de conferir! 😉

1 – A série é inspirada no livro com o mesmo nome, da autoria da canadense Margaret Atwood, publicado pela primeira vez em 1985.

2 – A popularidade da série fez ressurgir um grande interesse pelo livro.

3 – A escritora confessou que a sua inspiração para a história veio em grande parte de outra obra distópica, 1984, de George Orwell.

4 – A série não é a primeira adaptação do livro. Em 1990, foi lançado o filme “A Decadência de uma Espécie”, baseado no roteiro de Harold Pinter, direção de Volker Schlöndorff e protagonizado por Natasha Richardson e Elizabeth McGovern (a Cora de Downton Abbey) no papel de Moira, contou a história da República de Gilead, mas as críticas não foram muito favoráveis.

5 – O livro também virou uma ópera, escrita por Poul Ruders, e que estreou em 2000 na Dinamarca. Em 2003 a mesma ópera foi apresentada pela English National Opera, em Londres, e entre 2004 e 2005 ficou em cartaz no Canadá, pela Canadian Opera Company.

6 – A obra também foi adaptada para o balé pela Royal Winnipeg Ballet e estará em cartaz no Canadá em outubro desse ano.

7 – Há um audiobook de The Handmaid’s Tale (A História de Uma Serva) narrado por Claire Danes (Homeland).

8 – O livro já foi traduzido para 40 idiomas e atualmente está sendo adaptado para os quadrinhos.

9 – Margaret Atwood fez uma pequena participação na série, no episódio de estreia. Ela interpreta uma das ‘tias’ de Gilead e esbofeteia Offred (Elisabeth Moss).

10 – As coberturas que as aias usam na cabeça quando vão para o exterior impedem que tenham visão periférica. Assim sendo, as atrizes só conseguem ver umas às outras se estiverem se olhando diretamente e têm de representar com base naquilo que ouvem, já que a sua visão fica limitada.

CRUSH DO MÊS | CONHEÇA A CANTORA SIGRID!

THE HANDMAID’S TALE | COMENTANDO O 6º EPISÓDIO DA 2ª TEMPORADA – FIRST BLOOD!

11 – De acordo com o criador da série, Bruce Miller, as referência à Uber e à Craigslist são uma forma de mostrar que a história se passa nos dias de hoje e essa proximidade tem também a intenção de tornar todo o cenário mais assustador, como se pudesse realmente acontecer agora e não num futuro distante.

12 – Os uniformes das handmaids foram inspirados na era vitoriana e na vestimenta das freiras. Além disso, a cor vermelha simboliza o sangue associado ao parto e representa Maria Madalena, uma pecadora.

13 – As roupa usada pelas esposas dos comandantes é azul, porque simboliza a pureza da Virgem Maria.

14 – Margaret Atwood está envolvida na produção, como consultora, assegurando ali, como vários outros escritores de renome fazem, que a adaptação seja fiel a sua obra.

15 – A República de Gilead, onde a história do livro e da série ocorre, é mencionada várias vezes na Bíblia no livro do Génesis. Numa das referências é uma localização geográfica e uma espécie de fonte de substância curativa. A história também faz referência a passagem bíblica onde Raquel, infértil, dá sua aia Bila para que Jacob a engravidasse, para que, por meio de sua serva, Raquel pudesse ter filhos.

16 – Um dos produtores executivos, Warren Littlefield, também trabalha em Fargo e foi presidente da NBC por 20 anos, casa de produções como Sinfield e Friends.

17 – Moss decorou todos os seus voice-over de Offred, em vez de apenas lê-los no estúdio.

18 – Umas das diferenças entre o livro e a série é introdução de personagens negros. A ausência no livro se da por conta de uma crença ligada a fundamentalistas cristãos, que consideravam os negros como descendentes de Cam, o filho de Noé, e por isso, amaldiçoados.

19 – Na série, o Comandante Fred Waterford e a mulher, Serena Joy, são muito mais novos do que no livro, onde são descritos como enrugados e com cabelo grisalho. Isso acontece para que Serena e Offred estivessem em competição direta.

20 – The Handmaid’s Tale é a primeira série original de um serviço de streaming a ganhar o Emmy de Melhor SérieDramática. No total, a série ganhou cinco Emmys em 2017, melhor atriz em série de drama para a protagonista Elizabeth Moss, melhor atriz coadjuvante para Ann Dowd, melhor direção e melhor roteiro.

WESTWORLD | Venha conhecer os laboratórios por trás das câmeras!

JURASSIC PARK | UCI vai exibir o primeiro filme em 3D para comemorar os 25 anos da saga!

21 – Elizabeth Moss queira muito fazer parte da série, pois acredita que o cenário mostrado é passível de acontecer na vida real. Ela declarou que se sentiu conectada com sua personagem Offred, como jamais havia se sentido com uma personagem antes.

22 – O livro foi um dos mais proibidos em escolas dos Estados Unidos. Entre os anos de 1990 a 1999 ficou em 37º na lista dos 100 livros mais proibidos e desafiados. Já entre os anos 2000 e 2009, passou para a 88ª colocação. Atualmente é frequentemente material de estudo nas escolas de ensino médio norte-americanas, mas foi removido em algumas por ser considerado profano, conter sexo ilícito e violência.

23 – Na série, ocorre uma marcha das mulheres. A cena foi filmada antes de Donald Trump ser eleito presidente dos EUA e muito antes da marcha das mulheres que aconteceu em Washington.

24 – No livro, o nome verdadeiro de Offred nunca é divulgado, no entanto, na série é revelado logo no primeiro episódio.

25 – Os três primeiros episódios da série foram dirigidos por Reed Morano, responsável pelo clipe “Sandcastles” do álbum audiovisual de Beyoncé, Lemonade, lançado em 2016.

26 – Na série, as aias têm rastreadores de GPS vermelhos presos em suas orelhas. O governo usa para observar mulheres férteis e evitar que elas escapem. O ponto vermelho indica que a pessoa é uma serva e precisa ser observada de perto.

27 – O livro foi escrito durante o ano da queda do Muro de Berlim. Atwood vivia em Berlim Ocidental quando estava escrevendo o livro, em 1984. De acordo com a autora, o ambiente a inspirou na produção do romance. Ela diz: “Senti cautela, a sensação de ser espionada, os silêncios, as mudanças de assunto, as formas oblíquas em que as pessoas poderiam transmitir informações, e isso tinha influência sobre o que eu estava escrevendo”.

28 – O livro foi o primeiro vencedor do prêmio Arthur C. Clarke de ficção científica, em 1987.

29 – Margaret Atwood não considera seu livro somente uma obra de ficção, de acordo com ela tudo o que escreveu estava acontecendo na época ou já havia acontecido. Atwood se inspirou nos EUA do século 17, na poligamia na Romênia, de Nicolae Ceaușescu, onde o nascimento de crianças era obrigatório, no retrocesso contra o movimento feminista nos anos 70 e 80, entre outras coisas.

GAME OF THRONES | A casa Nymerios Martell e sua soberania sobre Dorne!

BIG HERO 6 | Muitas aventuras com Baymax no trailer do desenho!

30 – O livro foi inteiramente escrito em uma máquina de escrever.

31 – Dos 5 diretores da série, 4 são mulheres.

32 – Elisabeth Moss e Alexis Bledel já atuaram juntas na série Mad Men. Moss interpretou uma das personagens principais, Peggy Olso, enquanto Bledel foi convidada para interpretar Beth Dawes durante alguns episódios da 5ª temporada.

33 – Inicialmente o nome do livro era para ser “Offred”, mas Atwood mudou para homenagear “Canterbury Tales” (“Os Contos de Cantuária”) e também para fazer uma referência aos títulos de contos de fada.

34 – Os nomes das aias: “Offred,” “Ofglen,” “Oferic” etc, remetem ao Comandante de cada uma, ou seja, “Offred” é “Of Fred” em inglês, traduzido,”De Fred”. E também, no caso de Offred, lembra a palavra ‘offered’ (= oferecida), com a conotação de ser uma vítima oferecida para um sacrifício, o que está de acordo com a natureza da história contada.

35 – Em 2015, 350 fãs usavam tatuagens temporárias feitas a partir do texto dos dois primeiros capítulos. Margaret Atwood tatuou a primeira frase do livro na mão e muitos outros fãs optaram por gravar permanentemente a frase de Offred, “Nolite te bastardes carborundorum” (“Não deixe que os bastardos molhem você”).

36 – Atwood é canadense, mas decidiu que a história se passaria nos EUA porque o Canadá, historicamente, é o lugar para onde as pessoas vão quando coisas ruins acontecem. O livro se passa em Cambridge, Massachussets, mas a série foi filmada em Cambridge, Ontário, no Canadá, onde nasceu Atwood..

37 – O ator Joseph Finnes, que interpreta o Comandante Fred, é irmão mais novo de de Ralph Finnes, que fez o papel do vilão Voldemort em Harry Potter.

38 – A atriz Samira Wiley, que interpreta Moira, também atuou como Poussey em Orange is The New Black.

NETFLIX | As melhores séries que chegam em Junho para maratonar no catálogo!

Gostou das curiosidades? Não deixe de acompanhar o Coxinha Nerd para saber mais!

APROVEITE PARA CONHECER NOSSO CANAL DO YOUTUBE:

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: