O ator Hartley Sawyer, conhecido por seu papel em The Flash, foi demitido da série após uma série de tuítes misóginos e racistas terem sido descobertos. As publicações foram feitas anos atrás, antes mesmo de Sawyer começar no seriado. O conteúdo envolve referências a violência sexual contra mulheres, comentários racistas e até mesmo xingamentos homofóbicos. Sawyer apagou as mensagens, mas os fãs logo tiraram print.

Coisas como “faria vários tuítes levemente racista” caso não fosse ser perseguido“, ou que “todas as mulheres deveriam estar em fazendas sexuais”, ou ainda “estar fora do 7-11, onde espanquei minha ex-namorada”.

A CW e a WarnerBros. liberaram uma declaração no site The Hollywood Reporter, revelando que o ator não retornará para a próxima temporada.

“Hartley Sawyer não retornará para a sétima temporada de The Flash. Sobre as postagens do Sr. Dawyer nas redes sociais, nós não toleramos comentários depreciativos que tem como alvo qualquer raça, etnia, nacionalidade, gênero ou orientação sexual. Esses comentários vão contra nossos valores e políticas, que almejam evoluir para promover um ambiente de trabalho inclusivo, seguro e produtivo”.

Após isso, o ator usou seu Instagram para pedir desculpas.

Minhas palavras, não importando se foram feitas com a intenção de serem humorísticas, são dolorosas e inaceitáveis. Estou envergonhado de ter tido a capacidade de ter tentado chamar a atenção dessa forma horrível naquela época. Eu me arrependo muito disso. Esse não é um comportamento aceitável. Essas foram palavras que eu disse na época sem pensar ou reconhecer o mal que elas poderiam fazer, e que agora fizeram”. 

Hartley Sawyer se juntou ao elenco de The Flash em 2017.

LEIA MAIS SOBRE SÉRIES