Escolha uma Página

A HISTÓRIA DE UM SERIAL KILLER!

Ted Bundy está entre os maiores serial killers da história norte-americana. Para nós, brasileiro, o nome pode trazer memórias, mas não teve uma participação significativa em nosso cotidiano. É provável que muitos nem ao menos saibam quem ele foi, eu não sabia. Antes de assistir ao filme, ou até ler a crítica, recomendamos que procure rapidamente sobre o assassino. Conhecer a história contada no longa é fundamental para entender seu real objetivo.

Extremely Wicked, Shockingly Evil and Vile ainda não ganhou tradução no Brasil, mas seria algo como “Extremamente malvado, horrívelmente mal e medonho”. Certamente não estamos falando de uma pessoa boa como outros personagens interpretados por Zac Efron. Não deixe os olhos azuis te enganar aqui, pois Ted Bundy foi exatamente o que o título original do filme descreve.

 

A HISTÓRIA

Theodore Robert Cowell foi um dos assassinos mais terríveis da história dos Estados Unidos na década de 70. As características físicas e o charme eram fundamentais em suas conquistas de novas vítimas. O jovem estudante de direito chegou a convencer muitas pessoas no tribunal, quando defendeu a si mesmo perante a corte. O êxito nos estudos e a pose de bom moço escondiam o homem perverso, sádico e cruel.

Estima-se que Ted Bundy foi responsável pelo estupro e pela morte de mais de 35 mulheres. Chegou a ser preso duas vezes, mas conseguiu escapar em ambas as situações. Em uma de suas fugas, inclusive, cometou outros dois assassinatos, além de ferir mais três mulheres. Finalmente, Bundy foi preso e condenado a morte por eletrocussão.

O FILME

Ted Bundy é uma cinebiografia romantizada sobre o serial killer. Quem não conhece a história, pode até mesmo, por poucos segundos, acreditar nas mentiras de Bundy. Os olhos claros, o cabelo arrumado e o charme de Zac Efron são fundamentais para isso. Quem imaginou ver Troy Bolton interpretando uma pessoa responsável pela morte de mais de 30 mulheres? E sem dúvida podemos afirmar: Ted Bundy é, de longe, a melhor atuação de Zac Efron! O ator está esplêndido em sua interpretação do personagem.

Mesmo que as características físicas estejam extremamente semelhante, é o olhar do ator que impressiona. Ficamos embasbacados observando a interpretação, que é o grande destaque do filme. É possível ter empatia pelo personagem, assim como muitos tiveram na vida real. E é fundamental ter esse tipo de sentimento para entender-se o objetivo do filme.

TED BUNDY

O filme traz a parte final da jornada de Bundy, pouco tempo antes de seus julgamentos. Não temos as mais de 30 mortes em detalhes, pois boa parte delas já havia acontecido. A trama também nos mostra a influência que ele tinha nas mulheres, visto que muitas iam ao tribunal apenas para vê-lo. Quem iria imaginar que aquele rosto de príncipe encantado cometeria tais crimes?  

O Elenco

Embora seja o ponto alto do filme, Zac Efron não é o único destaque do longa. Lily Collins encara o desafio de viver Elizabeth Kendall, a namorada de Ted Bundy por quase 7 anos. Ela foi uma das muitas mulheres enganadas e apaixonadas pelo charme do serial killer. Mesmo após tendo presenciado e denunciado seu comportamento violento, demorou para acreditar nos crimes hediondos. Collins se encaixou perfeitamente no papel. Conseguimos ver a surpresa, a transformação nos trejeitos da personagem, a medida que a verdade vai recaindo sobre ela. 

Outros nomes do elenco são Haley Joel Osment, no papel de Jerry. Ele se torna presença constante no dia a dia de Kendall, principalmente após as revelações de Bundy. Jerry é uma dose de normalidade em meio a tantas bizarrices e momentos de tensão. Há também a breve participação de Jim Parsons, como um dos advogados presentes no tribunal. Não é de suas atuações mais marcantes, mas no momento em que aparece, faz um bom trabalho. 

Enfim

Ted Bundy é um filme que deve ser visto não apenas pela atuação brilhante do elenco, mas por sua história. É assustador ver o que um ser humano é capaz de fazer contra outro. Tamanha é a crueldade e o cinismo de Bundy, que passamos a olhar ao redor de forma diferente. É perturbador o fato de que assassinatos são capazes de atrair a atenção do público e ainda nos deixar impressionados. 

Ted Bundy foi lançado apenas pela Netflix norte-americana, mas chegará ao Brasil ainda esse ano.