TECNOLOGIA | O que faz seu smartphone ficar LENTO ou RÁPIDO!

-por , em 25/07 -
TECNOLOGIA | O que faz seu smartphone ficar LENTO ou RÁPIDO!

AINDA NÃO SABE O PORQUE DO SEU SMARTPHONE ESTAR LENTO?

Hoje vamos conversar sobre desempenho dos smartphones. Você que é o louco do AnTuTu ou ainda você que só vê os nomes de processadores mas não sabe o que está acontecendo, vou falar rapidinho sobre tudo isso pra vocês.

Se você acompanha um pouco mais o mundo da tecnologia móvel, deve saber que a guerra dos processadores está cada vez mais acirrada, chegando aos seus limites. Megahertz e fabricantes disputam ponto a ponto em benchmarks para ver quem pode mais no mundo da miniaturização eletrônica.

Mas o que realmente importa no desempenho de um smartphone? Será que é só o processador, seus núcleos e megahertz? Vamos ver a seguir.

São muitas as coisas importantes no processamento de um smartphone. O processador é uma delas, mas eles estão cada vez melhores e próximos do seu limite de uso do material de que são feitos, o silício. Sendo assim, os atuais top de linha já oferecem o máximo em velocidade, e até os do ano passado já dão um banho de poder.

Mas os sistemas vão se atualizando, os apps vão ficando mais exigentes, e não querem saber se o processador atingiu o seu limite. Por isso, uma coisa que está pegando atualmente é a memória RAM. Se o processador é o que prepara e resolve os dados, a RAM é aquela que delimita quantos dados podem ser mexidos ao mesmo tempo.

Por isso, atualmente estamos vendo um aumento de RAM, e não tanto de processador.

Se um ou dois anos atrás 2GB eram suficientes para trabalhar bem em um smartphone, hoje já temos aparelhos com 6GB de RAM. Isso porque a exigência é cada vez maior por parte de apps e de sistema.

E não só a quantidade de RAM importa. Pra quem monta computadores ou entende do assunto, sabe que a qualidade e a velocidade da RAM também são essenciais.

Além disso, temos também o espaço interno. O “HD” do smartphone também mexe no desempenho. Quanto menos espaço houver, mais rápido você acaba com ele, e com menos espaço há menos manobra para o processador trabalhar e criar arquivos temporários para lidar com os processos normais.

E velocidade aqui também é importante, e por isso as fabricantes de smartphones sempre ficam ressabiadas com cartões de memória microSD.

Isso porque alguns aparelhos possuem slot para que você aumente o espaço dele com cartões microSD, mas nem sempre compramos cartões de qualidade.

Um microSD precisa ser original, o que muitas vezes não é quando pagamos barato demais, e também veloz. Um cartão original e veloz funcionará com a mesma qualidade dos componentes internos de um aparelho, mas um cartão pirata ou muito simples, mais básico, poderá funcionar abaixo do que o processador precisa, e isso vai deixar seu aparelho mais lento.

E, finalmente, temos os apps e o sistema em si. Muitos desenvolvedores não têm cuidado ao criarem seus apps, e uma coisa mal feita pode deixar seu aparelho mais vagaroso, comendo mais bateria e até com bugs que causam travamentos. Assim, se o seu aparelho funcionava bem até um tempo atrás, vale dar um reset de fábrica para conferir se não era um app ou um arquivo corrompido que estavam prejudicando seu companheiro diário.

Vocês viram então que muito mais coisas do que imaginamos podem influenciar no desempenho de um smartphone. Então antes de espalhar resultados de benchmark pelo vento e de reclamar que seu aparelho ficou lerdo do dia pra noite, repensa essas dicas que passamos pra ver se não tem nada assim acontecendo, ok?

Veja mais sobre Tecnologia

Stella Dauer
por

Stella Dauer

Uma nerd amnésica que esquece o nome de personagens, mas nunca dos atores! Curte demais video games dos mais divertidos, ama o Wii e o Mega Drive que têm. Criadora de conteúdo, fala muito sobre tecnologia, mesmo sendo designer por formação. Mãe do Pombo Pi e do Doge.

Recomendamos para você