Pessoas, pessoas… Demorei mas cheguei!!! E que episódio foi esse, hein, minha gente?!?! Neste 11º episódio da 9ª temporada de Supernatural, First Born, tivemos revelações bombásticas!!! Juro que morri!!! Dean e Crowley trabalhando juntos (bizarro, né?), falaram do John Winchester (saudade dele!) e seu diário para conseguir um meio de matar Abaddon. Tivemos também a interação entre Sam e Castiel, que foi muito interessante também, devido à humanidade que encontramos em Castiel e… Espera um pouco, vamos deixar para o desenrolar do post, né?! Só sei que foi um máximo!

Como lembramos bem, no fim do episódio (fantástico) passado, depois que Crowley entrou no corpo de Sam para expulsar Gadreel de lá, e Sam, recobrando sua consciência (depois de todos terem saído de seu corpo), travou uma discussão com Dean, e este, acabou indo embora, para procurar Gadreel e vingar a morte de Kevin (coisa triste demais, gostava dele). Sim, Dean se foi, e fez uma paradinha básica em um bar, de repentemente, quem aparece?! Sim, nosso demônio favorito, Crowley (inclusive, ele é um vilão que não tem como odiar, ele é simplesmente um máximo!). Ele veio com um papo de que ele estava querendo matar a Abaddon, mas ela é um Cavaleiro do Inferno, e bem… Não muito fácil matar um Cavaleiro, né? Como foi lembrado pelo Dean.

Mas existe um jeito, sim. Crowley revelou que tem uma espada, a Primeira Espada, usada pelos Arcanjos que é capaz de matar Cavaleiros do Inferno, tudo bem, a espada estava perdida, fazia décadas que ele a procurava, mas.. Fazendo pesquisa de lá e de cá, surgiu o nome John Winchester e que deveria ter alguma referência à espada nos escritos dele. E dito e feito! Dean pegou o diário de seu pai e lá encontrou algumas coisas escritas com ele, um código e a letra T. Era uma moça, Tara, que saberia como encontrar a espada. Ela pesquisou muito sobre essa espada, nunca a encontrou, mas tinha um feitiço para encontrá-la. Faltava um ingrediente que ela nunca achou, mas o nosso querido demônio tinha, foi buscar e eles fizeram o feitiço.. A espada se encontraria em Missouri. Engraçado como tudo sempre está nos EUA, né?!

Enquanto isso, Sam e Castiel, lá no quartel dos Homens das Letras, estão discutindo sobre a humanidade que Castiel experimentou, tudo bem que refletindo em cima do gosto do sanduíche, mas é um traço humano, enfim… Castiel tinha que continuar a cura de Sam, e quando foi aplicar mais uma “sessão”, vamos dizer assim, ele identificou que tem um pouco da Graça de Gadreel em Sam. Ela, no corpo humano, é inofensiva, mas ela pode ser usada para encontrar o paradeiro do último hospedeiro angelical do corpo, no caso, o anjo que eles estão à procura.

Castiel Graça Sam

Sam topa, claro… Afinal, como Castiel diz, os Winchesters adoram correm ao encontro da Morte e a retirada da Graça do corpo de um humano, deste método que os Homens das Letras desenvolveram, poderia sim causar isso, mas lá vamos nós! Castiel pega uma agulha e uma ampola imensas e vai retirando a Graça (é agoniante isso, doeu em mim!). Ele foi retirando, mas ele mesmo se compadecia pelo sofrimento do Sam, tentou para muitas vezes, mas o Winchester não deixou… Ele foi retirando, mas, mesmo achando que não teria o suficiente, parou… E aí foi uma reflexão muito bonita sobre a importância da vida que Cas fez, afinal, ele sentira na pele a importância disso e ele não faria isso com o Sam, ele até falou que se fosse ele de antigamente, faria, mas não o novo Castiel depois de ter virado humano e morrido e ressuscitado! Foi legal essa cena, ponto fortíssimo do episódio!

E por falar em ponto forte, outro fora de série, foi quando Crowley e Dean chegaram ao local onde estaria a espada. Crowley começa a apresentar medo ao identificar o local, e quem era o apicultor (pois chegaram em uma apicultura) e ele conta para Dean que aquele senhor, na verdade era Caim… Sim pessoas, bomba!!! Até Caim apareceu em Supernatural!!! E sim, a espada estaria com ele. Ele identifica que ambos estão lá, Dean conta o motivo da “visita”, que na verdade eles só pararam lá por conta da espada, Caim diz que não vai ajudar, está aposentado e ainda, teoricamente, atrapalha, porque ele deixa entrar em sua casa os demônios que estavam a mando de Abaddon, que estavam espionando Crowley.

Caim Crowley Dean

Dean dá conta de todos eles, e deu a impressão de seria um teste de Caim… Caim se mostra resistente em falar onde estaria a espada e a ajudar e Dean se mostra resistente em conseguir a informação. Até que Caim fala… E conta a sua história. Provocado por Dean que o julga por ter matado o próprio irmão, Abel, por este ser o preferido de Deus, ele conta que na verdade, não era com Deus que Abel conversava, era com o Lúcifer, e mostra a marca que ele possui, em muitos lugares dizem que foi Deus que o marcou, mas na verdade, foi o titio Lu!

Abel conversava com Lúcifer e ele viraria uma marionete na mão deste se Caim não tivesse interferido, a alma de seu irmão, já estava condenada para o Inferno, mas, ele fez o trato, a sua alma para o Inferno, contanto que a alma de Abel fosse para o Paraíso, Lúcifer aceitou, contanto que, quem matasse Abel fosse o próprio Caim, e nasce-se a lenda, e a mandíbula que Caim usou para desferir os golpes no irmão, se tornou a Primeira Espada e assim, Caim se tornou o primeiro Cavaleiro do Inferno, ainda mais por causa da marca que Lúcifer lhe deu.

A partir daí, Lúcifer mandou Caim criar mais Cavaleiros do Inferno, que espalharam o terror por séculos, até Caim conhecer Colette, seu grande amor, ele decidira para com essa vida, pois Colette sabia quem e o que ele era. Por conta disso, Caim matou todos os Cavaleiros do Inferno, menos Abaddon, que possuíra o corpo de sua mulher. E, no momento de sua morte, Colette fez Caim prometer que não faria mais isso. E ele não fará.

Colette Abaddon

Porém, para a Primeira Espada funcionar, precisa-se da marca, que é transferível, pra alguém que seja como ele, ou seja, um assassino. Sim, transferindo esta marca para Dean, o que aconteceu de fato, ele será capaz de matar Abaddon, mas, isso vem com um grande custo, é um grande fardo e Caim iria explicar o que aconteceria, mas Dean, por estar com muita pressa, não deixou o primeiro Cavaleiro do Inferno explicar. E ele revelou um estaria a espada e falou que no dia em que Caim chamar Dean de volta, é para ele voltar, porque ele quer que Dean o mate, pois ele desfez a promessa que ele fizera à sua amada esposa!

E qual será esse grande custo?! Caim disse que Dean é semelhante a ele. Será que, por Dean estar com a Marca de Caim, isso pode fazer com que ele mate Sam como forma de redenção como aconteceu com Caim e Abel. Constantemente, ao longo das temporadas de Supernatural, eles foram comparados aos dois irmãos… Será que pode acontecer algo do tipo?! Morrendo de ansiedade para saber o que ainda está por vir!

 

 

Compartilhe: