Olá, pessoas!!! Depois de uma semana de hiato, Supernatural volta com o seu quinto episódio da décima temporada, homenageando Fan Fiction. O que se pode dizer?! Foi basicamente um filler, um episódio básico, tentando retomar aqueles antigos,  e muito bem feitos, episódios de humor com uma pitadinha de sobrenatural. O episódio foi até que “engraçadinho”, deu para dar risada em algumas cenas… Algumas piadas já são manjadas, e o final… Bom… O final, deixemos para falar depois… Me acompanhem, por favor!

O episódio começou com brincadeiras com as chamada do Supernatural. O primeiro como se fosse uma máquina escrevendo… Passa para uma escola em que está sendo encenada uma peça, mais precisamente, um musical… Do Supernatural. A produção, no começo, estava bem precária, tanto que a professora responsável quer acabar com ela. Ela de repente, some por alguma coisa que sai do meio de um arbusto. E é claro que o radar dos Winchesters acionam.

É hilário ver a cara dos dois ao chegarem na escola (que era só de meninas) e perceberem que uma delas estava treinando o famoso e saudoso “idijts” do Bob e a menina contando a história do nascimento de Sammy e o demônio do olho amarelo, como Dean, cantando… Dean fica meio revoltado, até debate com a escritora da peça, falando das músicas, e tudo mais… E eles ficam lá pesquisando, um meio encantado com o fato (Sam) ou outro revoltado (Dean), de perceber que as meninas se basearam nos  livros de Chuck para fazer a peça.

sn1005b0057bjpg-bc166d_960w

Dentre as várias coisas que podemos relembrar (é, até que foi legal nesta questão de um remember básico) vimos a história dos pais, relembramos do Bob, o lema da família, que reviveu o instinto de ambos de caçar coisas e o mais importante, a extrema ligação dos dois. Eles passaram a acreditar que realmente tinha algo sobrenatural depois que uma aluna sumiu. Aí eles desconfiam que era uma Tulpa, mas descobriram ser a deusa Caliópe, por conta das flores que ela deixava no local ao sequestrar sua vítima.

sn1005c1052bjpg-89bf8f_960w

Para atraí-la e matá-la com uma estaca, a peça teria que ser encenada, uma vez que ela se alimenta da trama que fora inventada, e momentos de tensão, a escritora que teria que ser o seu preferido, Sam, o monstro e Dean brigando atrás das atrizes, o monstro explodindo e melecando todo mundo, e as meninas atuando perfeitamente, como profissionais, apesar das adversidades. Passado o perigo, os Winchesters puderam aproveitar a peça deles. Isso foi bonito! Inclusive quando a “Sammy” dá um colar pra Dean e ele o pendura no Impala.

YIPvIpd

Piadinhas infames: Dean sempre é a mulher, sempre cogitam que eles sejam um casal, fizeram o “Destiel”  e a menina inventou uma fim para história meio bizarra. Piadinhas boas: Dean e a escritora da peça falando que “Carry on my wayward son” é um clássico, a referência ao Shakespeare, não somente pelo poster na parede, mas pela remontagem de como se era feito teatro na época dele, naquela época, só homens podiam encenar, aqui só tinham meninas, muito boa sacada! Além do sempre copiados discursos de Dean que são o máximo!!!

spn_111114_1600

Ponto fortíssimo: As meninas cantando a música do Kansas, no final, e outro muito mais fortíssimo ainda, é a revelação do editor que Marie, a escritora da peça, estava esperando. O editor era, nada mais, nada menos, que Chuck!!! Aí você pensa: Como assim?!?! Ele morreu!!! Aí se pensa: Tá, falaram que um Profeta aparece, só depois que o outro morre, teoricamente ele, como Profeta, tinha morrido, tanto que teve o Kevin e tudo mais, mas Chuck não morreu e sabia a história toda. Chuck é Deus?! Começa-se novamente a discussão!!!

Sem título

Então, foi um episódio relativamente fraco, que teve como salvamento o final bombástico. E espero que agora eles explorem. Porque esta temporada está tremendamente fraca e pessoas, não sei vocês, mas juro que está me cansando. Concordam com que eu disse, não concordam?! Conta pra mim e ficarei bem contente com a resposta de vocês!!! E para terminar, vou deixar aqui a versão das meninas de Carry on my wayward son!!! Inté, pessoas!!! 😉

Compartilhe: