Supernatural – Review do 21º episódio – The King of the Damned

-por , em 08/05 -
Supernatural – Review do 21º episódio – The King of the Damned

É, pessoas!!! Acho que nem preciso explicar o título desse 21º episódio da nona temporada do Supernatural, né?! É óbvio que ele veio firmar que “The King of the Damned” é realmente o Crowley! Ah… E comemoremos…. Não foi filler!!!! Aleluia, né?! Já estava cansada de episódios que se desviaram da trama proposta na temporada pelo Supernatural. E, além de retomar a questão de Abaddon x Crowley, retomou também a questão Castiel x Metatron! É… Tudo bem que a primeira questão foi abordada bem mais profundamente do que a segunda, mas já deu para mexer com os nossos brios, não é?! Vamos aos comentários, então!

Vamos começar com os anjos. O episódio começou com anjos em um bar (estranho falar isso, a imagem de anjos, geralmente, é outra) conversando, aí vem aquele que fala demais, querendo contar vantagem por ser um “anjo muito próximo de Metatron” e acabou falando demais, até de projetos secretos. E o que acontece com quem fala demais?! É… Pego… E eu juro que eu pensei que ele tivesse sido pego pelos “capangas” de Metatron, mas foi totalmente o oposto disso. Ele foi pego pelos homens de Castiel. E sim, fiquei com medo disso, pessoas!!!

Foi bizarro ver como o que o Metatron se cumpriu! Lembram-se do episódio em que ele estava escrevendo tudo o que aconteceria e como ele montou o Castiel como um líder, aí fico na dúvida se realmente o que está acontecendo é bom. Assim, se o Metatron está controlando tudo como um escritor controla o seu personagem ou se o personagem já conseguiu vida o suficiente para superar o seu autor. Espero que seja a segunda situação. O engraçado é que os homens de Castiel não conseguiram tirar nada dele e quem ele chama?! Claro… Os Winchesters.

Dean, Sam e Castiel

Aí, já acontece uma coisa muito interessante. O Dean já foi seco para acabar com o anjo, perdendo a paciência muito rápido. Mas Sam o segurou e eles acabaram tirando tudo o que eles precisavam saber contra o Metatron, com o simples “tirar sarro da cara do anjo, diminuindo-o”, uma vez que ele sempre queria se justificar ao ser tachado de bobo. E ele falou dos anjos que Metatron que recrutar para o Paraíso reformado, que tem um portal, que não fixo, só abre onde ele quer e não são todos os anjos que passam no teste para trabalhar nisso. Esse anjo babaca morreu, não se sabe por quem, mas acredita-se que foi por algum anjo de Metatron.

Que inclusive deve estar infiltrado na “base” de Castiel. Pois, o “Comandante” queria se encontrar com Gaadrel, e Metatron já sabia, inclusive mandando pessoas para matá-lo, mas não conseguiu. E o que Castiel queria com Gaadrel? Claro, persuadir para que este trocasse de lado, não efetivamente, mas que ele reportasse todos os planos do “Novo Deus” para que o Castiel pudesse agir e acabar com essa história de todos os anjos fora do céu. Espero que ele convença o anjo, mas não sei se conseguiu, não. Acho que já passou da hora de Deus aparecer. E se ele não aparecer até Supernatural acabar de vez, vou ficar frustrada!!!

Castiel e Gaadrel

E os demônios?! Abaddon vai buscar o filho de Crowley no ano de 1723 para fazer chantagem emocional com o “Rei” só porque ela sabia que ele andava injetando sangue de humano e assim, readquirindo um pouco de humanidade. Tanto fez que conseguiu uma aliança com ele. Porque de uma coisa ela esta certa. O Dean com a marca de Caim, mataria ela e logo depois, ele. Propôs um acordo para os dois se livrarem dos nossos queridos irmãos e depois, eles acertavam as contas entre eles. Até poderia ser um bom plano, se…

Se Crowley não fosse não inteligente a ponto de dobrá-la. Juro que eu não entendi. A impressão que eu sempre tive é que a Abaddon, em questão de força, tinha muito mais que Crowley,mas venhamos e convenhamos, o Crowley é mais inteligente e foi isso que fez com que ele conseguisse se safar, enquanto ela, morreu. Isso mesmo, pessoas! ABADDON MORREU E EU JÁ PODERIA RESUMIR O CAPÍTULO NISSO E NÃO ESCREVER MAIS NADA!!!! Ela morreu e foi por inteligência do Rei do Inferno que fez com que Dean matasse a Abaddon, ele manteve o filho vivo, inclusive da morte que ele teria, se estivesse ficado na época na qual ele pertencia e ainda fugiu.

Abaddon e Crowley

Agora, uma coisa que me assustou, foi a força insana de Dean. Nos telefonemas que Abaddon fez o Crowley fazer para Dean, a fim de atrai-los para que ela os matasse, ele acabou dando uma dica de que era uma armadilha para o Winchester mais velho, para que eles já fossem preparados, é realmente esses dois conviveram demais a ponto de se entenderem assim, não? E Dean mandou o Sam para o porão, para mantê-lo longe e foi sozinho, com a Lâmina, enfrentar Abaddon.

Foi uma coisa meio caótica e de se ficar com a boca aberta. É claro que Abaddon, a princípio, dominou a situação, mas a junção da Primeira Lâmina com a Marca de Caim, deu uma força extraordinária ao Dean, fazendo com que ele conseguisse enfrentar os poderes de Abaddon, mesmo depois que a Lâmina caiu no chão, ele conseguiu de volta, puxando a Lâmina só com a força do pensamento, conseguiu chegar até a demônio e matá-la, sem dó, nem piedade e ainda descontando vários golpes. Causando um certo tipo de horror em Sam.

Eles poderiam ter matado Crowley que estava imobilizado com a bala com aqueles símbolos que prendem demônio, mas eles não mataram, me digam o porquê, não entendi. Ele acabou salvando o filho da morte, o que pode alterar algum curso da história, e o próprio Crowley fugiu, vai entender!!! Por fim, Sam disse ao Dean que acha melhor guardar a Lâmina em algum outro lugar, enquanto eles não encontram o Rei do Inferno, é… Dean realmente se transforma e está se transformando por causa dessa lâmina e marca. Acho que Sam percebeu que ele está em perigo… Mas Dean não quis.

Crowley e seu filho

É, pessoas!!! Estávamos precisando de um episódio desse!!! Já estou até escutando a “Carry on my wayward son…”, porque, estou vendo que vai ser uma season finale de tirar o fôlego, uma coisa que Supernatural sempre fez muito bem, não podemos reclamar… Acho que já vou colocar a música aqui para nos preparar psicologicamente para daqui dois episódios escutar, efetivamente! Até mais e espero que tenham gostado!

Cris Siqueira
por

Cris Siqueira

Nerd, administradora, RPGista, apaixonada por gastronomia, curiosa sobre todos os assuntos e acha que Darth Vader é Deus. Gasta seus “bons tempos” escrevendo, lendo, vendo seriados e viajando. Reza todos os dias para tirar sempre 20 nos dados e nunca morrer no meio de uma batalha!

Recomendamos para você