Review do 16º episódio de Supernatural: Blade Runners!

-por , em 20/03 -
Review do 16º episódio de Supernatural: Blade Runners!

Pessoas!!! Agora sim, eu posso falar: Aeeee… Voltou o Supernatural!!! Ufa, né? Chega de mimizice da minha parte, dessa vez não irei reclamar, para alívio dos queridos olhinhos de vocês… Pois agora sim, o seriado deu uma guinadinha para história, novamente. O engraçado é que eles estão inserindo, cada vez mais, elementos de temporadas passadas, contextualizando-as na presente temporada. Posso dizer que, mesmo nos fillers, estou curtindo os resgates. Mas vamos ao que interessa, Crowley voltou, a Primeira Lâmina apareceu e, tudo bem que não foi um acerto de contas, mas, pelo menos o Sam não veio com a frescura de sempre com o falatório do “vamos ser profissionais, você me traiu”, ainda bem que não deu tempo…. Mas vamos falar do episódio!

Como falei, Crowley voltou!!! E o que eu não esperava era que ele voltasse meio que humano. Pois é, pessoas! Lembram-se das 3 provas que Sam deveria cumprir para fechar as portas do Inferno na 8ª temporada e que ele quase morreu, dando do próprio sangue para humanizar um demônio, no caso o “Rei do Inferno” e no último momento Dean o impediu, para que ele não morresse?! Pois bem, isso fez com que o Crowley se viciasse em sangue humano, e, consequentemente, quanto mais sangue humano, mais humano o demônio fica… É… Foi isso que aconteceu!

Imagine Crowley comendo, só pensando em mulher, assistindo T.V. e chorando ao fazer isso! Bizarro, né? Ele só pensava nisso e sangue humano, e a mulher que estava com ele, era serva de Abaddon, pra quem Lola, a moça, contou tudo, e a nova candidata à Rainha do Inferno, ficou sabendo da escorregada de Crowley e da Primeira Lâmina. Ah, e claro, se o Crowley estava lá brincando de ser humano, a procura da lâmina meio que foi deixada de lado.

Crowley humano

Mas reparem no que eu falei, meio que foi deixada, pois Crowley foi ao mais profundo oceano, descobriu que já tinha descoberto a lâmina de Caim, e ela passou por várias mãos, até chegar, ilegalmente, é claro, a um museu, e uma moça que trabalha lá vendeu para um tal de Magnus, ex- Homem das Letras, e que conheceu o avô dos Winchesters, e que sabia  muito dos feitiços, coisa que complicou um pouco a vida dos meninos.

Magnus, escondeu seu esconderijo (parece um pleonasmo, mas ele enfeitiçou o esconderijo deixando invisível), e ele, ex-membro dos Homens das Letra que fora expulso por ser muito adiantado para época, mantinha aí, o que ele chamava de zoológico, espécies diferentes de tudo o que é sobrenatural, sendo vivos, como vampiros ou metamorfos, e os objetos, vários deles, inclusive a Primeira Lâmina. E ele tentou fazer de Dean, um novo “pet”, afinal, ele possui a Marca de Adão (lembram-se a Lâmina não funciona sem a Marca), mas com a ajuda de Sam que fora ajudado por Crowley (pois é, isso foi estranho), eles mataram Magnus e conseguiram a Lâmina.

Magnus

Porém, nesse meio tempo, os irmãos conseguiram recuperar a sobriedade de Crowley e este, percebeu que precisaria manipular os Winchesters se este quisesse se manter com o Reino do Inferno. Simplesmente sacou que Sam já pretendia matá-lo, pegou a lâmina para si e só disse que aparece agora, depois que os dois encontrarem Abaddon… Só espero que não enrolem muito para esse encontro.., Enfim…

Mas, o melhor é que, creio que se comprovou a teoria de que realmente o Sam vai morrer na mão de Dean. Como já falei, em episódios passados, Caim transferiu sua marca para Dean, para que ele pudesse matar Abaddon, repetindo, cavaleiros do Inferno só morrem com a Primeira Lâmina e esta só funciona se tiver a Marca de Caim junto. Mas, agora que se juntou, efetivamente, a Marca com a Lâmina, percebeu-se que produz um efeito muito grande em Dean. É como se ele fosse tomado por uma força maior, sem razão, sem sentidos, e por um momento, pensei que ele iria acertar Sam com a lâmina. E não duvido que isto acabe acontecendo na season finale de Supernatural.

Dean Marca de Caim

Pois então, pessoas, vimos que eles voltaram com a história e como um todo, o episódio foi ótimo, pitadas de humor, por conta da humanidade de Crowley, momentos de tensão, por conta da Marca de Caim e Dean, um zoológico de monstros e um Homem das Letras pirado. Foi muito bom mesmo, e espero que o próximo seja tão bom quanto. Acabou a mimizeira por enquanto!!! E espero todos para o próximo episódio, até mais, Coxinhos fofos!!!

Cris Siqueira
por

Cris Siqueira

Nerd, administradora, RPGista, apaixonada por gastronomia, curiosa sobre todos os assuntos e acha que Darth Vader é Deus. Gasta seus “bons tempos” escrevendo, lendo, vendo seriados e viajando. Reza todos os dias para tirar sempre 20 nos dados e nunca morrer no meio de uma batalha!

Recomendamos para você