Eu sei, pessoas… Este título está meio estranho… Mas foi realmente o que aconteceu neste sexto episódio da 9ª temporada de Supernatural… Pessoas deprimidas e manchas rosas… Mais precisamente, pessoas deprimidas que viraram manchas rosas… Então, é muito mistério e muito rosa para resolver, não?! Além disso, vimos a adaptação de Cas em sua vida de humano e longe dos Winchesters e o Crowley ajudando a traduzir a tábua dos anjos… Hein?! Ajudando a traduzir a tábua?! É… Com uma chantagenzinha de leve, mas ajudou… Ficaram curiosos?! Prestem atenção…

Bom, como eu já falei, o episódio começou com uma pessoa deprimida que virou uma mancha rosa… Tá, vou explicar… Ele estava muito deprimido, a ponto de pensar em se suicidar, chegou a pegar a arma, mas não teve coragem… Mas apareceu um homem, com roupa preta, encostou a mão na testa do suicida, teve um clarão rosa e… Explodiu o cara, simplesmente vaporizou… O Cas, que estava trabalhando em uma loja da região, viu o caso como manchete no jornal e liga para Dean para averiguar o que era… Para a sorte do moço, que teria que pesquisar uma língua extinta em uma enciclopédia de 24 volumes junto com Sam e Kevin, que só conseguiu traduzir para essa língua extinta, os dizeres da tábua… E foi sob essa desculpa que Dean foi sem Sam resolver o caso…

Castiel, agora como Steve, trabalha na Gas-n-Sip, e é um funcionário exemplar… A dona do estabelecimento gosta e até gera um mal entendido, pois, ao perguntar a ele se ele estaria livre no dia seguinte, faz ele pensar que ela queria um encontro, mas não foi bem assim… Com o “compromisso” marcado, Cas, quer dizer, Steve, se dedica ao seu trabalho e enquanto isso, Dean vai pesquisar o caso que o ex-anjo passara para ele… Lá ele viu que a “mancha rosa”, na verdade é muito mais que sangue, é sangue misturado com a pele, os órgãos, tudo… Coisa gostosa de saber, né?

Cas Steve

Enquanto isso, Sam e Kevin estão quebrando a cabeça para conseguir traduzir os símbolos para os quais o próprio Kevin traduziu a língua dos anjos, mas ele não sabia como passar para inglês, então, em uma ligação, Dean sugere que eles falem com Crowley… E eles vão falar… Mas este só ajudará na tradução, se ele puder fazer uma ligação para o Inferno… Que é um procedimento muito legal de se ver também… Eles pegam o sangue de um humano, colocam em um vasilhame e faz a magiquinha deles, lá… Não é legal, mas enfim… No começo eles até resistem, mas, não vendo alternativa, cedem…

Enquanto isso, mais um caso, uma menina cujo namorado terminou na frente de todos, está meio triste por conta disso, ela falou que poderia até morrer, e voilá, este moço aparece de novo e… Mancha rosa… Dessa vez, o Xerife já liga para o Dean, que estivera disfarçado de um agente, e desta vez, leva Cas, pois ele vai até a loja que Cas está trabalhando e o nosso querido que agora é Steve, conhece esta mancha… São características de um tipo especial de anjo que tinha no Céu, o anjo que, depois da guerra, quando percebia que tinham anjos estavam sofrendo de uma dor terrível, ele ia curar a dor, provocando uma morte rápida e indolor… Castiel chega até ficar preocupado com isso, mas Dean fala que ele não precisa se preocupar com isso, ele é humano e ele deveria ir ao “encontro”…

Dean dá carona ao Cas e, quando estava para sair e depois de ver Cas pegando uma rosa, ele vê que tem uma camionete que o atrapalha a saída, mas ele sai… Logo em seguida, o xerife liga para Dean, falando que, dos casos que tiveram com os mesmos procedimentos, teve um sobrevivente, ao ver a foto, Dean vê ao fundo a mesma camionete que estava na casa da moça do “encontro” (detalhe que o encontro não era entre o Cas e ela, era entre ela e outro moço e ela queria que Steve cuidasse da menininha dela), mas quando Dean chega lá, já era tarde demais, o anjo já estava lá… Queria acabar com a dor de Castiel de não ser mais anjo…

Efraim

A luta foi épica, a menininha estava com febre, Cas pega a rosa, tira todos os espinhos com a mão para tentar fazer aquele símbolo com o sangue que afasta anjos, mas não dá certo, Dean chega, e depois de muito quebra quebra, o Dean joga aquela lança que mata anjos, e Cas consegue matar Efraim… Este anjo que matava as pessoas desta maneira, meio rosa…

Crowley sangue humano

Crowley, em sua ligação, conversa com Abbadon, que o informa que está coletando mais almas que ele, violando os seus contratos… Crowley fica possesso e depois de discutir com a demônio, pede os desenhos para traduzir… Eles estão com aquela parte do feitiço que fez com que Metatron fechasse o Céu… Lá, o Rei do Inferno lê que este feitiço não pode ser desfeito, ou seja, os anjos nunca voltaram ao Céu! Agora me pergunto… Será que Crowley disse a verdade mesmo?! E o que Metatron que fazer sozinho no Céu?! Bom… Perguntas que só vamos saber ao longo da temporada… E para terminar, de um jeito estranho, Sam percebeu que faltam 2 seringas da qual foi usada para tirar o sangue de Kevin para Crowley realizar a ligação… Quando Sam foi ver, Crowley estava injetando sangue nele… Será que Crowley quer se humanizar?! Bom… Mistérios, mistérios, mistérios…

Compartilhe: