Escolha uma Página

O LADO NEGRO?

Parece estranho pensar em Star Wars e Marvel em uma mesma frase. Além de duas franquias incríveis, a relação não vai muito mais longe do que pôsteres na parede do nosso quarto. Ao menos é o que pensávamos. A relação entre ambas as franquias tem nome e sobrenome: Bucky Barnes, nosso amado Soldado Invernal.

Após sua participação em Guerra Infinita, as aparições de Bucky não eram muito duradouras. Para a felicidade de todos, no final de Ultimato o personagem enfim teve seu destaque merecido. Ele conseguiu se despedir do melhor amigo antes que Steve Rogers escolhesse seu destino. Em uma entrevista recente divulgada pelo ComicBook.com, os Irmãos Russo revelaram a influência que Star Wars teve no papel do Soldado Invernal no MCU. E quando falamos de relacionamentos complicados entre heróis e vilões, Star Wars dá uma aula!

Star Wars

Em uma entrevista ao The Star Wars Show, os diretores deram sua opinião sobre seus personagens favoritos da franquia. Joe Russo apontou para Luke Skywalker como um dos maiores heróis de todos os tempos. Anthony Russo por sua vez, disse simplesmente amar Darth Vader. Os comentários de Anthony sobre o pai de Russo revelam suas inspirações: 

“Eu amo vilões complicados, certamente como Darth Vader. Eu amo relações complicadas entre os protagonistas e os antagonistas. E isso que é o bom do Darth”

Após essa resposta, o entrevistador questionou sobre a influência que isso teria nos Vingadores. Joe Russo começou a falar sobre como o relacionamento da primeira trilogia resultou a moldar as interações entre Buck e o Capitão América. 

“Nós conversamos com a Marvel na primeira vez que nos vimos e falamos da relação entre o Cap e Bucky. A descrevemos como uma ‘relação Star Wars’. Você tem um vilão que é relacionado ao herói. Embora eles não sejam parentes, cresceram juntos, são como irmãos. Isso cria o mais rico e profundo tipo de hisória. “

Soldado Invernal 

Uma evidência ainda maior sobre a tensão entre Bucky e Cap está presente nos últimos momentos de Rogers. Ao entregar o escudo a Sam, ele surpreendeu a todos. Pensávamos que o legado seria passado a Bucy, mas acabou indo parar com o Falcão. Sabemos que Barnes era o melhor amigo de Steve Rogers, mas seu passado pode ter influenciado na decisão. O co-escritor do filme, Christopher Markus comentou sobre isso para a Variety:

“É difícil dar ao Bucky. Por mais que o amemos muito, ele está no caminho negro e está se recuperando disos. Sam é um cara realmente correto. Foi uma decisão extremamente difícil, certamente. Eu acho que o Bucky tem muito mais história para contar e Sam terá o papel de mantê-lo na direção correta”. 

Não podemos esquecer a confirmação da série sobre o Falcão e o Soldado Invernal, que virá em breve com o Disney+.

Star Wars e Vingadores, juntos e shallow now.