Já reparam que alguns mangakas (autores de mangás) utilizam personagens muito parecidos ou até mesmo idênticos em suas obras? Já pararam para se perguntar qual o significado atrás dessa mania “sem criatividade” que esses mangakas possuem? Pois bem, essa dúvida também assombrou minha cabeça e, quando resolvi pesquisar sobre, me deparei com a seguinte frase na tela do meu pc: Osamu Tezuka’s Star System. Percebi que muita criatividade foi utilizada na formação desse sistema. Hoje eu irei explicar essa forma de criação de personagens chamada Star System.

O que é o Star System?

Star System foi uma forma de reutilização de um mesmo personagem em várias obras que o mestre Osamu Tezuka criou em 1947. Daí você pergunta: “qual a graça em usar o mesmo personagem em vários mangás?” e eu te respondo: dependendo do caso. nenhuma. Mas Tezuka foi bem esperto nessa idéia. Os personagens repetidos não são somente personagens. São atores que Tezuka criou para servir somente a esse proposito (assim como Brad Pitt, Gal Gadot e Seam Connory). Um belo exemplo disso é o “ator” Shunsake Kan que interpreta o Professor em Astroboy e é o protagonista em Metropolis (sua duas maiores obras).

Como eu li no site Genkidama, quando estava pesquisando sobre o Star System: “A Hollywood clássica primava pelo autor ser reconhecido por uma persona que permeava da vida pessoal às atuações nos filmes – geralmente presos a um tipo de papel que acaba sendo confundido pelo espectador com a figura do ator; assim Clark Gable era o grande galã e Shirley Temple, a adorável garotinha. Tezuka usou isto a seu favor em suas histórias ao adotar em suas histórias um sistema baseado neste Star System, aonde diversos atores apareciam em séries distintas, em cada uma interpretando um papel diferente. No ápice da brincadeira, o mangaka – que também abusou de participações especiais em suas obras [algo semelhante ao que o americano Stan Lee adora fazer] chegou a criar salários para seus contratados

 

Alguns mangakas como Go Nagai (Devilman, Mazinger Z), Masami Kurumada (Bt’X, Saint Seiya) e a CLAMP também utilizam o Star System criado pelo Tezuma, mas a CLAMP utiliza de forma diferente, já que elas literalmente reutilizam seus personagens (desde personalidades até seus backgrounds) em outras obras, vide os personagens Subaru e Sakurazukamori, que são originalmente do mangá Tokyo Babylon e reaparecem em X/1999 e Tsubasa: Reservoir Chronicles

Então galera, o que acharam sobre o Star System? Deixem suas opiniões aí embaixo nos comentários. Eu fiquei realmente impressionado com essa idéia simples e genial

See Ya Space Cowboys!!!

Compartilhe: