Olá nerds fãs de Game of Thrones e das Crônicas de Gelo e Fogo, tudo bem? Hoje vamos falar de um dos personagens que arrancou emoções extremas nos fãs de Game of Thrones. Ele foi detestado por detestar e tratar mal muitos outros personagens, foi idolatrado por alguns por ser um dos mais sensatos politicamente e foi motivo de nojo e risada com o tipo de morte que teve! Vem comigo que vamos falar de Tywin Lannister!

Se você não tem acompanhado nossa série de posts sobre spoilers, teorias e blablablás de Game of Thrones, passe a acompanhar, que eles são um arraso! Publicamos toda terça feira as 21 horas, aqui no blog e você sempre pode participar, deixando o nome do seu personagem favorito aqui embaixo! Podemos falar dele/dela em breve. Mas antes, veja se já falamos do seu personagem favorito por aqui, conheça nossos primeiros posts da série: MelisandreStannis BaratheonAemon TargaryenPetyr Baelish (Mindinho)Ramsay BoltonMargaery TyrellTheon GreyjoyCatelyn Stark, Jorah Mormont,Jaime Lannister, Bran StarkBrienne de Tarth, Daenerys Targaryen, Tyrion LannisterLord VarysJon Snow, Cersei Lannister e Arya Stark.

Tywin Lannister, Senhor de Rochedo Casterly, Escudo de Lannisporto, Protetor do Oeste e, durante um bom tempo de sua vida, Mão do Rei. Calculista, controlador e muitas vezes cruel, Tywin é (ou era) um dos senhores mais poderosos nos Sete Reinos. É pai de Cersei, Jaime e Tyrion – ama seus dois filhos mais velhos, mas despreza Tyrion pelo fato do filho ser anão e deformado, além de viciado em prostitutas. Tywin também culpa Tyrion pela morte de sua amada esposa Joanna, que morreu durante o nascimento do anão.

Tywin é alto, magro, de ombros largos e na casa dos cinquenta anos. Passou a raspar a cabeça desde que os seus cabelos começaram a cair. Seus olhos são verdes e salpicados de dourado. Em suas batalhas, Tywin traja armadura rubra com detalhes dourados, além de uma capa feita com fios de ouro.

Tywin Lannister

Em sua juventude, Tywin viu o pai, Tytos Lannister esbanjar a fortuna da família, quase levando-os à ruína. O Senhor Tytos era amável e bondoso, fraco de vontade e sempre tentava agradar os outros. Seus vassalos zombavam dele quando estavam de porre, ou até chegavam a desafiá-lo abertamente – como foi o caso dos Reyne e dos Tarbeck. Outras casas pediam ouro emprestado e nunca se preocupavam em pagá-lo. Na corte, faziam piadas de leões sem dentes. Quando a esposa de Tytos morreu, ele tomou por amante uma mulher de baixo nascimento, e ela logo o dominou, pegando para si as jóias de sua falecida esposa. Tytos até concordou com o noivado de sua filha Genna com Emmon Frey, sendo que este era um segundo filho, sequer um herdeiro. Como resultado das loucuras de seu pai, Tywin se tornou avesso ao riso, já que foi forçado a tolerar que todos caçoassem da Casa Lannister durante sua juventude. Tywin também raramente sorria, e após a morte de sua esposa nunca mais se viu um sorriso em seu rosto.

Tywin Lannister GOT

Após a morte do pai, Tywin conseguiu, sozinho, restaurar a honra e a fortuna da família. Ele encontrou a amante do pai e recuperou as jóias de sua mãe. Como punição por seus atos, Tywin a forçou a andar nua por Lannisporto, confessando a todos que encontrasse que era ladra e prostituta, e depois a expulsou das terras ocidentais. Tywin extinguiu os Tarbeck de Solar Tarbeck e os Reyne de Castamere como punição por terem-no desafiado, liquidando seus membros e arruinando seus castelos. Foi feita uma música em homenagem à vitória de Tywin sobre os Reyne, as As Chuvas de Castamere. Alguns anos depois do fato, quando Lorde Farman, de Belcastro, passou a se tornar truculento, Tywin enviou um embaixador que portava um alaúde ao invés de uma carta, mandando-o tocar para ele, sua música. Depois disso, Lorde Farman nunca mais causou problemas. Os esforços de Tywin sempre tiveram como objetivo restaurar o prestígio dos Lannister, tornando sua Casa novamente respeitada e temida.

Tywin tomou como esposa sua prima, Joanna, e todos concordam em dizer que o casamento dos dois foi feliz. Segundo Genna, Tywin sorriu no dia de seu casamento. Chegavam a dizer que, embora Tywin governasse os Sete Reinos (como Mão), era governado em casa por Joanna. Para Tywin, a morte prematura da esposa foi algo devastador, e ele nunca mais teve outra mulher. Gerion uma vez disse ao sobrinho, Tyrion, que a melhor parte de Tywin morreu junto com Joanna.

Tywin

Tywin foi uma poderosa Mão do Rei durante muitos anos no reinado de Aerys II, até que a paranoia crescente do rei e seus ciúmes causaram diversos desentendimentos amargos entre os dois. Segundo Sor Barristan Selmy, Aerys cobiçava a mulher de Tywin enquanto ela estava viva (o próprio casamento de Aerys foi arranjado), o que causou mais atritos entre os dois. Aerys também recusou a mão de Cersei oferecida a seu herdeiro, o príncipe Rhaegar, além de escolher Jaime para a Guarda Real sem consultar Tywin. Diante disso, Tywin se demitiu do cargo de Mão do Rei e voltou para Rochedo Casterly.

Durante a Rebelião de Robert, Tywin se manteve em Rochedo Casterly sem aderir a nenhum dos lados. Porém, após a vitória decisiva de Robert Baratheon no Tridente, Tywin reuniu suas forças e marchou para Porto Real. O Grande Meistre Pycelle convenceu o rei de que seu Protetor do Oeste viera para defendê-lo, e Aerys ordenou que os portões fossem abertos. Quando entraram na cidade, as forças Lannister iniciaram seu saque e Jaime matou o Rei Louco, enquanto Sor Gregor Clegane e Sor Amory Lorch, sob ordens de Tywin, escalavam as muralhas da Fortaleza Vermelha e matavam a esposa e os filhos de Rhaegar. Tywin enrolou os corpos da família real com os mantos carmesim Lannister (que melhor escondiam as manchas de sangue) e os apresentou a Robert como sinal de sua lealdade. Anos depois, quando seu filho Tyrion perguntou o motivo de Tywin não ter deixado que o próprio Robert os matasse, sua resposta foi:

“Tínhamos chegado tarde à causa de Robert. Era necessário demonstrar a nossa lealdade. Quando pus aqueles cadáveres perante o trono, ninguém pôde duvidar de que eu tinha abandonado para sempre a Casa Targaryen. E o alívio de Robert foi palpável. Por mais burro que fosse, até ele sabia que os filhos de Rhaegar tinham de morrer se quisesse que o trono alguma vez estivesse seguro. Mas via-se como um herói, e os heróis não matam crianças.”

Gostou da história de Tywin Lannister? Quer ver algum outro personagem da saga por aqui? Comente aqui embaixo então 🙂 Beijos e até a próxima semana!

Compartilhe: