GOT para quem ama spoiler: Jorah Mormont!

-por , em 11/08 -
GOT para quem ama spoiler: Jorah Mormont!

Finalmente chegou o dia que vamos falar sobre o rei da friendzone de Game of Thrones (ou Crônicas de Gelo e Fogo) – pelo menos isso é igual nas duas versões da história! Muita gente pediu para falarmos um pouquinho sobre Jorah Mormont que trilhou caminhos bem diferentes nas últimas temporadas da série na HBO e, como o pedido de vocês é uma ordem, cá estamos nós! Se você ainda não está acompanhando nossa série de posts sobre spoilers, teorias e detalhezinhos que a série ainda não mostrou sobre alguns personagens, veja aqui sobre quem já falamos: Jaime LannisterBran StarkBrienne de TarthDaenerys TargaryenTyrion LannisterLord VarysJon Snow, Cersei Lannister e Arya Stark! Se você ainda quer ler sobre algum personagem que não publicamos, comente o nome lá embaixo, no final do post! 🙂

Antes de mais nada, queria dizer que, um dos primeiros vídeos que fizemos para o VEDA (video everyday in august) do Youtube, foi sobre a série de posts Game of Thrones para quem ama spoiler que tem pouquinho tempo de vida, mas já considero pacas. Se você ainda não assistiu ao nosso vídeo, se joga no play aqui embaixo e não esqueça de curtir o vídeo e se inscrever em nosso canal, tá tendo vídeo todos os dias as 20 horas! 🙂

Agora, vamos ao homenageado do dia, rsss! Sor Jorah Mormont é um grande homem de meia idade, moreno e com muitos pelos (rs, não sei porque isso é importante, mas se repararem bem, pegaram um ator meio Toni Ramos mesmo no quesito pelos do braço kkkk). Jorah está ficando careca nos livros de RR Martin mas ainda é um homem forte e super em forma. Ele é um cavaleiro exilado, antigo líder da Casa Mormont que acabou fugindo de Westeros para escapar da execução por escravização de prisioneiros. Depois da fuga, ele passou a trabalhar como mercenário nas Cidades Livres, até que iniciou seus serviços aos últimos Targaryen – foi depois disso tudo que ele se tornou um dos companheiros mais fiéis (será?) de Daenerys Targaryen.

Quando Jorah se tornou adulto, seu pai, Jeor Mormont, se juntou à Patrulha da Noite, para que seu filho se tornasse o Lorde da Casa Mormont. Jorah lutou na Rebelião Greyjoy, durante a qual se destacou, mostrando exemplar coragem no campo de batalha. Ele foi ungido cavaleiro pelo próprio Rei como reconhecimento de sua bravura. Em contraste à sua carreira militar de sucesso, Jorah tem má-sorte no amor. Seu primeiro casamento foi condenado pela infertilidade: a primeira esposa de Jorah, da Casa Glover, não foi capaz de dar à luz a um filho durante os dez anos de casamento, e morreu logo após de seu terceiro aborto espontâneo.

Durante o Torneio em Lannisporto, celebrando a vitória sobre os rebeldes Greyjoy, Jorah conheceu a mulher que se tornaria sua segunda esposa: Lynesse Hightower. Ele ficou encantado por sua beleza, pedindo (e recebendo) permissão para usar um lenço seu durante o torneio. Jorah lutou muito bem, tendo uma improvável vitória sobre todos os seus desafiadores, e nomeando Lynesse como sua Rainha do Amor e da Beleza. Naquela mesma noite, ele pediu ao pai de Lynesse, Lorde Leyton, a sua mão em casamento, e ele concordou. Apesar de terem casado por amor, o casamento não continuou feliz por muito tempo. Lynesse passou toda sua vida, até aquele ponto, como parte de uma das mais ricas Casas de Westeros, na amena e densamente povoada Campina, por isso, estava despreparada para a vida na dura e isolada Ilha dos Ursos, e se tornou depressiva rapidamente. Jorah tentou reproduzir o estilo de vida ao qual ela estava acostumada no Sul, oferecendo presentes caros, mas apenas conseguiu arruinar a si mesmo financeiramente.

Desesperado para pagar seus débitos, ele resolveu, como seu último recurso, quebrar um dos mais antigos tabus dos Sete Reinos: escravidão. Quando o suserano da Casa Mormont, Eddard Stark, descobriu que Sor Jorah havia vendido caçadores condenados a um mercador de escravos Tyroshi, ele condenou Jorah à pena tradicional: morte. Ao invés de se juntar a seu pai e vestir o negro, Jorah fugiu com Lynesse para Lys, onde tentou sobreviver como mercenário. Com o relacionamento já prejudicado pelo exílio, e com Jorah incapaz de proporcionar o estilo de vida que desejava, Lynesse o deixou enquanto ele lutava contra os Bravosi no Roine. Com o coração partido e exilado de sua terra natal, Jorah permaneceu nas Cidades Livres e continuou a trabalhar como mercenário, vendendo sua espada a quem pagasse mais.

Sor Jorah Mormont and Daenerys Targaryen

O responsável por levar Jorah Mormont à vida de Daenerys Targaryen é o próprio Rei Pedinte – Viserys Targaryen (isso ainda rende outro post hein?) – o irmão de Daenerys o contrata no casamento dela com Khal Drogo. Esperando um perdão real por conta da vida de mercenário e do investimento em escravidão, Sor Jorah começa a vender informações sobre Daenerys e o irmão para Lord Varys. No fundo, no fundo, Sor Jorah detesta os Targaryen e insiste nesse sentimento, com relação a Viserys – deixando-o morrer sem nenhum remorso pelas mãos de Khal! Mas, com Daenerys o negócio é diferente, ele a considera uma mulher forte e corajosa, por isso, quando a Khaleesi sofre um atentado de morte, ele a defende prontamente e ainda conta que o Rei Robert colocou sua cabeça à prêmio.

Quando Khal Drogo morre, Sor Jorah insiste que Daenerys fuja com ele para o Leste, com a finalidade de salvar o filho que está em seu ventre e já prevendo uma rebelião do povo de Khal. Daenerys não o escuta e se enfia na pira de fogo com o cavalo e o corpo do marido morto deixando todo mundo atordoado, jurando que ela está louca. Sor Jorah é o primeiro a ver Daenerys saindo do fogo e amamentando seus filhotes de dragão mas, muito antes disso, ele foi o primeiro homem a lhe jurar lealdade – uns dizem que por honra, outros, por amor desde sempre. Daenerys nomeou Jorah como primeiro homem da Guarda da Rainha.

Jorah Mormont

Apaixonando-se cada vez mais por Daenerys, Jorah deixa de fazer os informes à Varys, enviando o último de Qarth. Lá, ele tenta dissuadir a Khaleesi de confiar muito nos habitantes da cidade, especialmente em Xaro Xhoan Daxos e nos feiticeiros da Casa dos Imortais. Ele a acompanha às docas da cidade, procurando um navio que os leve até Westeros. No mercado próximo ao cais, um homem tenta assassinar a Khaleesi, mas é interceptado por dois estranhos. O par se apresenta como Arstan Barba Branca e Belwas, o Forte, e afirmam terem sido enviados pelo Magíster Illyrio Mopatis, com três navios para escoltar Daenerys e seus companheiros de volta a Pentos. Barba Branca menciona ter visto Sor Jorah lutar em PykeLannisporto mas Jorah não o reconhece.

Depois de um bom tempo, Jorah toma iniciativa e beija Daenerys. Ele confessa seu amor e sugere que se casem (repetidamente), mas ela recusa. Apesar de Daenerys ainda apreciar muito a amizade e os conselhos de Jorah, seus avanços começam a deixá-la desconfortável. Jorah sugere, então, que viagem para a Baía dos Escravos para comprarem Imaculados. Ele comanda o exército na vitória sobre Yunkai. Quando Arstan Barba Branca revela-se como Sor Barristan Selmy, ele também revela o antigo papel de Jorah como um informante do Trono de Ferro sobre os movimentos de Daenerys. Jorah afirma que ele parou de enviar informes há muito tempo, quando se apaixonou por Daenerys, mas a Rainha decide enviar ambos numa perigosa missão nos esgotos de Meereen como punição e como chance de redenção. A missão é um sucesso, e em seu retorno à corte, Sor Barristan implora por perdão. Daenerys aceita de boa vontade e perdoa o homem, mas, Jorah, exige o perdão da rainha, devido ao seu amor e histórico de serviço fiel. Apesar de desejar perdoá-lo, ela sabe que, enquanto ele mantiver esta atitude, não pode fazê-lo sem prejudicar sua própria autoridade. Por isso, Daenerys decide banir Jorah de seu serviço, jurando matá-lo se o vir novamente. Devastado pela rejeição, Jorah parte.

Jorah e Daenerys

Exilado e com o coração partido, Sor Jorah viaja em direção a Volantis. Num bordel em Volantis, Jorah encontra Tyrion Lannister e o aprisiona. Sor Jorah planeja levá-lo para Daenerys para recuperar sua confiança e ser perdoado. Ele arranja passagens para Meereen com a ajuda da Viúva da Borda d’Água. Durante a jornada, uma anã chamada Merreca se junta ao par na viagem até a Baía dos Escravos. O navio, entretanto, é capturado por escravistas e o trio é levado a leilão fora dos portões de Meereen por Yezzan zo Qaggaz. Na sua captura por homens de Yunkai, os escravistas tatuam a face de um demônio nas bochechas de Jorah, para mostrá-lo como um escravo feroz e rebelde.

Após a morte de seu mestre, o trio escapa. Tyrion consegue fazer com que os três juntem-se à companhia de mercenários dos Segundos Filhos, sob o comando de Ben Mulato Plumm. Mormont diz ao anão que eles precisam fazer com que a companhia volte ao serviço de Daenerys, já que Yunkai já perdeu a guerra, apesar de ainda não saber. Tyrion concorda. O finalzinho dessa história com mais detalhes, você pode ler no post que fiz sobre Tyrion Lannisterclique aqui para ver!

Se você está curtindo essa série de posts sobre detalhes, spoilers e teorias de Game of Thrones e as Crônicas de Gelo e Fogo, comente lá embaixo o que mais gosta e se ainda quer ver algum personagem por aqui! 🙂 Não esqueça se de inscrever em nosso canal no Youtube e de nos perseguir pelas redes sociais, os links estão aqui embaixo! Beijos e obrigada por nos acompanhar sempre!

Facebook Instagram Snapchat Twitter Youtube

Cris Siqueira
por

Cris Siqueira

Nerd, administradora, RPGista, apaixonada por gastronomia, curiosa sobre todos os assuntos e acha que Darth Vader é Deus. Gasta seus “bons tempos” escrevendo, lendo, vendo seriados e viajando. Reza todos os dias para tirar sempre 20 nos dados e nunca morrer no meio de uma batalha!

Recomendamos para você