Olá meu povo querido que está adorando matar um pouquinho da saudade de Game of Thrones ou das Crônicas de Gelo e Fogo com nossa série de posts de Game of Thrones para quem ama spoilers – sendo que, na verdade, nem são spoilers né? São detalhes mais minuciosos e fofoquinhas sobre os personagens para podermos cruzar um pouquinho do que rola na série com o que rola nos livros, já que, desde sempre, os fãs fazem questão de manter os dois mundos separadinhos! Mas, nós gostamos de quebrar paradigmas e vamos misturas as bolas sim! 🙂 Leia o que já saiu aqui no blog, dentro dessa série: Brienne de TarthDaenerys TargaryenTyrion LannisterLord VarysJon SnowCersei Lannister e Arya Stark! Se o seu personagem favorito ainda não ganhou um post especial, comente lá embaixo, no final desse post, com o nome dele que, em breve, faremos um post completinho, só para você! 🙂

Brandon Stark, chamado carinhosamente de Bran, é o segundo filho de Eddad StarkCatelyn Tully. Ele tem dois irmãos, um mais velho, Robb Stark e um mais novo, Rickon Stark, duas irmãs mais velhas, Sansa e Arya Strak e um irmão bastardo, Jon Snow. Bran é um Troca-Pele (Warg) – depois explico isso – e o primeiro capítulo do primeiro livro das Crônicas de Gelo e Fogo é sobre ele, que está sempre acompanhado de seu Lobo Verão, com quem mantém uma relação Warg! Na série da HBO, Game of Thrones, Bran é interpretado pelo ator Isaac Hempstead-Wright. Bran herdou a aparência de sua mãe, tendo cabelo castanho espesso e olhos azuis profundos dos Tully. Ele é um menino doce e atencioso, amado por todos em Winterfell.

Bran tem um fascínio grande pela escalada e sempre gostou de andar pelas paredes das muralhas de Winterfell. Sua mãe uma vez brincou que ele aprendeu a escalar antes mesmo de andar, no entanto, sempre se manteve preocupada com essa mania. Assim como seus irmãos, Bran possui uma propensão para a aventura e emoção, no entanto, ele se tornou mais sério e contemplativo depois de cair de uma grande altura e ficar paraplégico.

Bran Stark

O que é um Troca-Peles (Warg)? Na mitologia das Crônicas de Gelo e Fogo, um troca-peles é quem possui habilidade de deixar sua mente, sair de seu próprio corpo e manipular ou apenas observar outros seres, literalmente entrando em suas mentes. Dependendo da habilidade do Warg, controlar animais, ou até humanos, pode ser traumático para ambas as partes, consistindo sempre em um dilema ético e moral. É muito mais fácil para um troca-peles fazer esse processo, se houver um vínculo forte entre as partes. Um troca-peles destreinado, pode, inconscientemente, entrar na mente de um animal, especialmente durante o sono, se o vínculo já existe. É muito traumático se um animal é morto, enquanto sua mente é habitada por um troca-peles.

Um Warg pode experimentar muitas mortes, enquanto em outro corpo. É somente quando o corpo humano da pessoa morre que a “verdadeira morte” ocorre. É possível que o Warg, para viver um tipo de segunda vida, passe a viver apenas na mente do animal que ele controla, o que para muitos, seria uma vida muito mais simples e prazerosa. Na segunda vida, a memória do troca-peles desaparece lentamente até que nada do homem reste e apenas e só a besta continue. No passado, eram conhecidos diversos Wargs mas, com a suposta extinção dos Filhos da Floresta, há mais de doze mil anos, os Wargs se tornaram lendas em Westeros e hoje são considerados contos de fada.

A capacidade de entrar na mente de outros seres é visto principalmente entre a geração atual de crianças Stark. Todas as crianças e seus lobos gigantes tem personalidades em comum e possuem um forte vínculo, embora, na maioria dos casos, essa interação seja totalmente inconsciente, ou seja, eles não possuem conhecimento de suas habilidades e não podem entrar na mente de seus lobos. Todos os filhos Starks são Wargs completos e podem, futuramente, desenvolver suas habilidades, mas Bran é o único que, aparentemente, tem a real compreensão de suas habilidades e é o único que está treinando e desenvolvendo seus poderes.

Bran Stark

Uma grande diferença da história de Bran nos livros e na série, é como ele começa sua trajetória em busca do Corvo de três olhos. Quando Theon Greyjoy traiu os Stark e queimou Winterfell, Bran, Rickon, seus lobos, Osha, Hodor e seus amigos Jojen e Meera Reed, se escondem para tentar sobreviver. Depois que o tumulto acaba, eles saem de seus esconderijos e, orientados pelo Meistre Luwin, já se separam em dois grupos: Rickon, Cão Felpudo e Osha, partem em direção a Porto Branco, enquanto Bran, Verão, Hodor, Meera e Jojen partem para a Muralha, em busca do Corvo de três olhos. Quando se aproximam da Muralha, Mãos-Frias, uma figura enigmática e de lealdade incerta, passa a fazer parte do grupo que busca o Corvo.

Bran, Verão, Meera, Jojen, Hodor e Mãos-Frias continuam sua jornada através da Floresta Assombrada em busca do Corvo de três olhos. Durante a viagem, Bran começa a se apaixonar por Meera e Jojen começa a ficar muito magro e fraco. A viagem é longa e fria e eles sofrem com muita fome. O grupo é momentaneamente abandonado por Mãos-Frias, que retorna a eles depois de matar desertores da Patrulha da Noite. Para tentar saciar sua fome, Bran come carne humana na mente de Verão. Nas profundezas da floresta assombrada, eles encontram uma colina, onde está localizada a caverna do corvo de três olhos. Verão parece sentir o perigo conforme eles sobem e quando chegam ao topo, o grupo é emboscado por criaturas do lado de fora da entrada da caverna.

Bran Stark

Bran entra a mente de Hodor para combater as criaturas, mas desmaia e acorda novamente dentro da caverna. Lá, o grupo é atendido por uma criança da floresta chamada Folha, que revela que os salvou e queimou as criaturas. Folha leva-os mais profundamente na caverna, debaixo de raízes e sobre um piso de ossos, até chegarem a um corpo esquelético sentado em um trono feito de raízes – o corvo de três olhos, o último Vidente Verde.

Quando Bran pergunta ao corvo se ele pode consertar suas pernas, o corvo diz que isto está além de seus poderes. Desolado, os olhos de Bran começam a encher-se de lágrimas, mas o corvo responde: “Você nunca andará novamente, Bran, mas você voará.” – O corvo de três olhos, em seguida, começa a ensinar a Bran sobre a visão verde e sobre troca-peles. Bran entra em um represeiro (já explico isso), o que ativa seu poder. Ele então entra nas raízes do represeiro e vê seu pai, Ned Stark, na árvore coração em Winterfell, no passado. Triste, Bran tenta falar com Ned, mas tudo o que se ouve é um sussurro no vento.

O que é um represeiro? O represeiro é uma espécie de árvore decídua encontrada por toda Westeros. As folhas de cinco pontas e a seiva dos represeiros são vermelho-sangue, enquanto a casca e a madeira são brancas. A maioria dos represeiros possui faces esculpidas em seus troncos. Estas faces foram feitas pelos Filhos da Floresta em dias remotos, e agora são feitas pelos selvagens e outros descendentes dos Primeiros Homens. Em alguns casos, a seiva pode se acumular, dando às árvores olhos vermelhos. Se sabe até que elas podem gotejar a seiva, como se as árvores estivessem chorando.

Bran Stark and Hodor

O corvo de três olhos explica que ele pode olhar para o passado através dos represeiros, mas que ele só conseguiu ver o que queria: seu pai e sua casa. O corvo diz ainda que, embora Bran possa ver seu pai, ele não pode falar com ele. Ele diz : Tenho meus próprios fantasmas, Bran. Um irmão que amava, um irmão que odiava, uma mulher que desejava. Através das árvores, ainda os vejo, mas nenhuma de minhas palavras jamais os alcançou. O passado permanece no passado. Podemos aprender com ele, mas não podemos mudá-lo.”

Bran continua a entrar na mente de Hodor para explorar as partes mais profundas da caverna e quando o corvo o envia para descansar, Bran entra novamente através da árvore-coração de Winterfell, e vê flashes do passado:

>> Seu pai, jovem, rezando de cabeça baixa: “…deixe-os crescerem juntos, como irmãos, com apenas amor entre eles, e deixe minha senhora esposa encontrar perdão em seu coração…”
>> Uma menina e um menino mais novo lutando com galhos quebrados.
>> Uma mulher grávida emergindo nua da lagoa negra orando por um filho que a vingasse.
>> Uma menina esguia na ponta dos pés beijando um cavaleiro tão alto quanto Hodor.
>> Um jovem pálido de olhos escuros cortando três ramos do represeiro e moldando-os em flechas.
>> Outros senhores de Winterfell: altos e vigorosos, homens austeros vestidos em peles e cotas de malha.
>> Um homem barbudo forçando um prisioneiro a ficar de joelhos diante da árvore. Uma mulher de cabelos brancos, com uma foice na mão, agarra o prisioneiro pelos cabelos e corta sua garganta.

Fiquei emocionada demais com a história completa de Bran e os detalhes de seu treinamento. Confesso que fiquei mais ansiosa ainda pela sexta temporada e por tudo o que esse destino nos reserva. Tomara que George RR Martin não tenha a cara de pau de matar Bran em algum momento porque, definitivamente, ele é um personagem muito superior a Jon Snow e acabou de substituir o meio irmão como meu personagem favorito da saga! Quem você quer ver aqui? Me conte nos comentários!

Lembrando que, para acompanhar todas as novidades, posts e eventos que cobrimos, basta acompanhar nossas redes sociais e canal do youtube! É só clicar nos ícones abaixo, curtir, seguir e se divertir! Beijos e até a próxima semana! 🙂

Facebook Instagram Snapchat Twitter Youtube