Já chegamos ao nono episódio desta sexta e emocionante temporada de Sons of Anarchy, já já a história termina e realmente aconteceu o que eu imaginava desde o começo: A trama principal é Tara e seu plano maquiavélico que tinha tudo para dar errado desde sempre e somente ela não via isso.

Depois de juntar uma quantidade bem frouxa de aliadas, Tara achou que tinha dado sua última e perfeita cartada – com a advogada, claro, a mais frouxa de todas. Sem saber que Gemma estava dedicada à descoberta de seus planos, Tara continuou vivendo seus dias, deixando Jax cada vez mais preocupado com a falta de amor e entrosamento entre eles – achei meio forçado para a história esse desprendimento todo, tudo bem que dizem que a prisão muda o ser humano, mas gente, a Tara não mudou apenas, ela enlouqueceu um pouquinho também, com certeza!

sons of anarchy mc

Jax, por outro lado, amadureceu bastante e está se mostrando um presidente muito melhor do que Clay e John Teller juntos! Suas decisões e visão dos problemas estão impressionando a todos, o MC e a polícia, por exemplo, mas não estão impressionando quem deveria, vide Tara! Assustado com uma menina que quebrou a janela de sua nova lojinha, Jax vai à casa dela e encontra com seu pai. O encontro dos mundos acontece e Jax descobre que a mãe da menina “morreu” por culpa de seu pai, que a menina tem transtorno bipolar e que seu pai está prestes a perder sua casa. Curiosidade extra: Na casa da menina, Jax vê um porta retratos com a foto dos pais dela – mãe morta e pai que está ali conversando com ele.

Automaticamente Jax pergunta se aquela é a mãe da menina e o homem diz que sim, ele diz então que o rosto dela não lhe é estranho. E por incrível que parece, não nos é estranho também – lembra daquela mendiga que vive cruzando os caminhos de Jax e que um dia disse a ele que ele salvaria e ajudaria seu filho (na época traduzido assim)? Pois então, esse dia chegou. A mãe da menina não morreu, ela é a mendiga que sempre cruza os caminhos de Jax, ela também tem problemas mentais e ela viu que Jax ajudou sua filha e seu ex marido a não perderem a casa em que moram. Acho que ainda teremos um fechamento dessa história, já que a mendiga aparece sempre uma vez por temporada. O que acham?

soa tara e jax

Minha maior tristeza está sendo ver a mudança de Tara e de ver como as coisas não estão caminhando muito bem entre ela e Jax. Estou apreensiva com relação ao que acontecerá entre eles e ao que respingará para o MC. Com relação ao plano de Jax sobre entregar Gaalan (Real IRA) para a polícia, to achando que dará certo, até porque, todos os planos de Jax se baseiam em entregar alguém para a polícia e, por incrível que pareça, sempre dá muito certo. Estou ansiosa para este final de temporada e com medo do que eles deixarão como encerramento desta história para concluir na próxima temporada, ano que vem. Enfim, sempre tenho medo dos seasons finales.

soa otto

Um agradecimento especial ao casal mais fantástico de todas as séries que já assisti até hoje. Eu já adorava a Katey Sagal desde o seriado Married with children que assistia na Sony quando era mais nova, ela “ahaza” e continua linda! Agora quem me deixou boquiaberta com a capacidade psicológica de criar personagens profundos e complexos foi nosso querido roteirista e criador da série, Kurt Sutter. Além de interpretar brilhantemente o personagem Otto, Kurt manda muito bem também na ideologia da série.

O cara conseguiu fazer com que pessoas que nunca se imaginaram apaixonados por um motoclube se apaixonar, conseguiu interpretar um dos personagens mais sofridos da série, conseguiu transformar vários personagens superficiais em pessoas com passado, presente e futuro em nossa imaginação, o cara é fantástico e merece um aplauso de pé de todos os fãs. Isso sem contar com a escolha da brilhante trilha sonora do seriado, simplesmente fenomenal. Estou apaixonada pela mente brilhante de Kurt.

Compartilhe: