Com episódios semanais na Netflix, a segunda temporada de Expresso do Amanhã, mostra o retorno de Wilford, e a sua tentativa de retomada de poder, agora que o Big Alice e o Snowpiercer precisam conviver como um único organismo.

O segundo terceiro de ‘Expresso do amanhã’, intitulado ‘A grande Odisseia’, começa com a narração de Wilford, deixando claro que ele não se importa com vidas e sim com o poder; fazendo uma ode ao sacrifício do Bob de gelo para se tornar o que vemos na série se doando em nome de diversos experimentos.

Contudo esse episódio gira quase que completamente a um outro sacrifício, desta vez não somente em virtude de um homem, mas, em prol da humanidade; o sacrifício de Melanie.

O plano de Melanie para acessar o ponto fora do trem para iniciar sua pesquisa exigirá a cooperação de ambos os lados, já que os trens precisarão traçar uma outra rota muito arriscada. Tal acordo exigirá troca de suprimentos, linhas diretas a serem instaladas na “fronteira” e rotas secretas de drogas que Pike pode administrar.

O terceiro episódio da série foi linear, mas um dos mais emocionais. A reconciliação entre Alex e Melanie, pode agora ser um ponto fundamental, para a nova queda de Wilford, contudo percebo que o mesmo já começou a perceber sua fraqueza, e fará de tudo para corrompe-la, inclusive tortura psicológica.

Ruth e Melanie também fizeram as pazes, finalizando com Ruth prometendo cuidar de Alex caso aconteça algo com ela.

Layton e Josie também tiveram seu momento. Josie questiona a liderança de Layton e diz que até aquele momento ele não havia cumprido nada que prometera aos fundistas. Além de mencionar que ele segue acreditando na Melanie, mesmo depois de saber que foi ela que tentou matá-la.

“Revolucionários são políticos terríveis”. Layton nunca será capaz de manter o suporte da Cauda sem ela, especialmente porque os adeptos de Wilford estão soltos entre eles, cortando dedos. Um pouco mais dessa subtrama foi explorada nesse episódio, com Till e Layton visitando Lights, e Till e Roche interrogando os engenheiros sobre isso.

Agora parece um momento para refletir sobre o que em Wilford inspira tanta devoção, já que por melhor que Sean Bean seja em interpretá-lo, ele o está de forma bastante clara, agindo como um manipulador nojento cuja fachada de controle prestes a ruir a qualquer momento… Fazendo com que os que o seguem passem fome e estejam pré dispostos a se sacrificar como num piscar de olhos. Ele transita em uma roupa elegante e senta-se em um trono enquanto o resto de seu povo está morrendo de fome, contudo, o Big Alice não parece ter o tipo de rebelião interna como o Snowpiercer tem?

Melanie agora está fora do trem e ela é pra muitos a esperança. Nos resta saber como será a postura de Wilford com a liderança de Layton.

OBS: A série lança uma lupa na ausência de crianças no Big Alice e na necessidade de peças faltantes, ou o desalinho das rodas. Seria essa a referência de uma das piores cenas do filme Snowpiercer?

Só nos resta aguardar.

A primeira temporada de Expresso do Amanhã está disponível na Netflix. A 2ª temporada estreia dia 26 na Netflix, com episódios semanais.

LEIA MAIS SOBRE SÉRIES