Use o Siri no iPhone 4!

-por , em 28/12 -
Use o Siri no iPhone 4!

A vida de um Hacker deve ser realmente muito divertida, acorda, toma café da manhã e vai ao computador arrumar mais um jeitinho especial de ferrar com algum empresa. O que a maioria dos nerds faz no vídeo game, os Hackers fazem na vida real! E isso dá um prejuuuu…. Ainda mais para a Apple e seu famoso iPhone 4 depois da Siri.

O caso da vez foi o do Hacker conhecido como chpwn que desenvolveu uma nova metodologia para rodar a assistente Siri em aparelhos  com jailbreakPausa momentânea para os que não entenderam bulhufas da última frase, por que sim, tem gente que não está 100% por dentro de tudo o que acontece:

O que é Siri? Siri é um novo assistente pessoal que a Apple incluiu no iPhone 4S (e somente nele pois precisa de um processador A5 para rodar mais rápido) que, ao contrário do que muitos acham, não serve apenas como reconhecimento de voz. O assistente interpreta o que você diz, por exemplo, se você disser “Preciso de capa de chuva hoje?” ele responde “Não parece que irá chover hoje”. É sério. Além de ser quase que uma auto-ajuda virtual, o Siri pode fazer ligações, tocar música, enviar e receber mensagens de texto e e-mails, agendar eventos e encontros, editar aplicativos, ou seja, é o aplicativo perfeito para os deficientes que não abrem mão da tecnologia e para aqueles que adoram uma novidade Applemaníaca.

E o que é Jailbreak? De forma simples e objetiva, o Jailbreak é uma forma de sair da prisão! Como assim? Ele foi um método desenvolvido por Hackers para liberar o iPhone para que fossem instalados aplicativos não-oficiais da Apple e para que eles pudessem ser utilizados no país e na operadora que o usuário quisesse. Continuando…

A solução descoberta pelo Hacker se chama Spire e foi disponibilizada pela Cydia. Segundo um post no tumblr de Chpwn, são consumidos 100 MB para download. Mesmo com o assistente em um único arquivo, o hacker destaca que ainda é necessária uma autenticação de iPhone 4S para o método funcionar.

Assim, o Spire permite que o usuário insira endereços de proxy para driblar o sistema de verificação da Apple, ele utiliza um novo método para obter os arquivos necessários para o Siri, portanto, não tem os mesmos problemas de copyright encontrado nas tentativas anteriores.

Esse não é o primeiro aplicativo lançado com o objetivo de rodar o Siri em outros dispositivos com iOS, a empresa de segurança Applidium já havia conseguido quebrar os códigos dos servidores e rodar o assistente em um iPhone 4 em novembro, mas a Apple fechou as portas desse e de outros métodos que foram descobertos.

Será mesmo que a Apple vai insistir em não abrir o assistente para outros dispositivos com iOS? Porque se eles não se movimentarem logo, os Hackers vão continuar tentando e tentando driblar seus conceitos, é uma luta sem fim…

Cris Siqueira
por

Cris Siqueira

Nerd, administradora, RPGista, apaixonada por gastronomia, curiosa sobre todos os assuntos e acha que Darth Vader é Deus. Gasta seus “bons tempos” escrevendo, lendo, vendo seriados e viajando. Reza todos os dias para tirar sempre 20 nos dados e nunca morrer no meio de uma batalha!

Recomendamos para você