A nova série brasileira da Netflix é de zumbis e se chama Reality Z. Definitivamente precisávamos começar de algum ponto esse apocalipse e, o ponto escolhido pelo streaming, foi a minissérie Dead Set, criada por Charlie Brooker (Black Mirror).

Reality Z brinca com a referência de um reality show, onde pessoas sentam em seus sofás, todos os dias, para acompanhar o dia a dia de participantes de um jogo que testa emoções e sentimentos. Claro que os problemas, as tretas, as confusões, são o que mais chama atenção. Assim como as eliminações – usadas como referência direta a uma série de zumbi que elimina sobreviventes a cada esquina. Como não comparar?

O showrunner da série, Claudio Torres (O Homem do Futuro), diz que Reality Z não é apenas uma série de zumbis, da mesma forma que não é uma sátira simples aos realities que viralizaram nos tempos atuais. A história é mais complexa do que parece.

A série brinca com o ‘voyeurismo’ habitual de um espectador de um reality show, a cada vez que torcemos para um personagem morrer ou viver em uma série de apocalipse zumbi (ou qualquer outro apocalipse), temos a mesma sensação de controle daquela narrativa. Traduzir isso em imagens, fazendo um paralelo que vai além de um ‘plot’ para a série, é muito mais interessante para se criar a história.

Além disso, Claudio comentou o quão foi pessoal e interessante trazer o apocalipse para a cidade do Rio de Janeiro, tão bela e cheia de contradições sociais. Um verdadeiro palco para um drama grego sobre sobre vida e morte:

Eu amo o Rio de Janeiro, conheço todas as partes dessa cidade desde que nasci. Trouxe realismo para a história saber por onde, exatamente, os cariocas poderiam fugir em um eventual apocalipse zumbi por aqui. O caminho da floresta, onde sobreviventes são interceptados, claramente seria a rota ideal para fugir da superlotação da cidade e, claro, de zumbis em transformação.

Uma das cenas fotográficas mais bonitas de Reality Z traz exatamente uma visão superior da cidade do Rio de Janeiro, bem na altura da Baía de Guanabara. Um avião caído na água e prédios altos completamente destruídos. Uma cidade que vive o caos e a beleza em paralelo todos os dias, é certamente o palco perfeito para a primeira trama apocalíptica do Brasil!

Com Luellem de Castro, Ana Hartmann, Guilherme Weber e participação especial de Sabrina Satto, Reality Z começa com a noite de eliminação no reality show Olimpo, mais conhecido como a Casa dos Deuses. O programa segue seu ritmo normal, até que os participantes recebem a seguinte notícia: o Rio de Janeiro vive um apocalipse zumbi, as ruas tomadas pelo caos e pelo pânico. O estúdio da emissora se torna então um dos únicos lugares seguros da cidade, e o grupo de confinados vai precisar agir com muito cuidado se quiser sobreviver ao ataque.

A primeira temporada de Reality Z está disponível no catálogo da Netflix.

LEIA MAIS SOBRE NETFLIX