Shang-Chi ainda não chegou aos cinemas, mas o lançamento da Fase 4 do MCU já está dando o que falar. O filme representa um marco para a franquia de super-heróis, trazendo uma maior abordagem de todo o contexto oriental dos quadrinhos. O Mestre do Kung Fu irá protagonizar uma produção com um elenco majoritariamente oriental, fugindo dos estereótipos norte-americanos.

Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis promete entregar uma maior abordagem das artes marciais orientais antigas, além de abordar a cultura do continente asiático. Mas pode ser que o filme tenha ainda mais um significado. Um detalhe reparado por um fã em um antigo vídeo das gravações pode ter revelado que o filme se passa em 2020, um período que nenhum filme da Marvel nos levou até agora.

O vídeo foi feito antes da pausa nas gravações e nos mostra Simu Liu e Awkwafina (ainda sem o nome da personagem revelado) em uma rua. O que chama atenção, porém, está na parede. Um grafite escrito 2020 pode ser visto, o que teria significado o ano em que os personagens estão. É claro que o número simplesmente pode ter inúmeros significados, mas as teorias já começaram.

Vingadores: Ultimato nos levou de 2018 para 2023 e ao que tudo indica, as próximas produções do MCU continuarão a partir desse ano. Caso a teoria se concretize, o filme pode explorar o período pós estalar dos dedos de Thanos, onde as pessoas estão aprendendo a lidar com a dizimação de 50% da população.

Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis deve chegar aos cinemas em fevereiro de 2021.

LEIA MAIS SOBRE FILMES