NEM SABIA DISSO!

Happy Tree Friends é uma das séries animadas que mais fizeram sucesso em meados dos anos 2000. Com bichinhos fofinhos, cenários coloridos e sangue, MUITO sangue, a série usava e abusava de mortes violentas e bizarras, mas que chamavam a atenção do público.

Completamente feito pelo Adobe Flash, o desenho criado pela Mondo deixou diversos fãs arrasados quando pararam de publicar os sangrentos episódios que iam ao ar pela MTV e no YouTube.

Acontece que a Mondo voltou a lançar os episódios dos Felizes Amigos da Árvore tem uns três meses e ninguém reparou nisso até agora! Mas existe uma explicação para isso.

Os cinco novos episódios, chamados de Happy Tree Friends: Still Alive não estão disponíveis no YouTube, com exceção de um único episódio, assim como a Mondo fazia.

Os episódios estão a venda no site da produtora por US$6,99 e conta com, além dos episódios (claro), alguns conteúdos adicionais, como artes conceituais, músicas e outros.

Segundo o site oficial, a ideia de Happy Tree Friends foi criada pela sobrinha de Kenn Navarro, Carla Danielle e Rhode Montijo quando desenharam um coelho amarelo, um pouco parecido com o personagem Cuddles, num pedaço de papel enquanto trabalhava no Mondo Mini Shows e escreveu “Resistance Is Futile” (Resistência é Fútil) embaixo. O desenho fez vários empregados rirem. Em 1999, Mondo deu a Aubrey Ankrum, Rhode Montijo e Kenn Navarro uma chance de fazer uma curta para ele.

Carla Danielle preferiu não levar os créditos pois várias pessoas ficariam no pé dela como ficam no do tio. Eles apresentaram um episódio curto, chamado Banjo Frenzy que estrelava um dinossauro (uma versão anterior de Lumpy) matando 3 animais selvagens (versões anteriores de Cuddles, Giggles e Toothy) com um banjo, após ser humilhado por eles por ter arrebentado o Banjo enquanto tocava uma música

Veja mais sobre Séries