Nós sempre teremos Paris!

-por , em 25/05 -
Nós sempre teremos Paris!

Há quem diga que eu às vezes sou muito cult e, hoje, eu temo que irei confirmar essa afirmação ao fugir um pouco da norma e escrever sobre uma peça de teatro. Nós Sempre Teremos Paris foi escrita por Artur Xexéo e é dirigida por Jacqueline Laurence. Na peça, um casal brasileiro (interpretados por Xexéu e Laurence), recontam a história de como se conheceram no café Boulevard Montparnasse, em Paris, há 20 anos atrás.

 

Ela é a mulher da vida dele, e ele é o homem da vida dela. Os dois se identificam pelo amor mútuo pela música francesa e passam algumas horas conversando. Apaixonam-se, mas, por um capricho do destino, acabam seguindo seus caminhos separados.

 

PARIS1

 

A história é bonita e muito bem contada. A narração é bem humorada e flui de forma agradável. A peça tem apenas uma hora, o que não cansa o espectador. Os atores estão excelentes. O Artur Xexéo está muito bem, com uma postura descontraída e simpática que logo agrada. Mas o destaque vai, realmente, para a Jacqueline Laurence. O desempenho dela é sensacional. Quando ela fala sobre sua paixão pelo “homem de sua vida”, ela tem um brilho no olhar que nos leva, realmente, a sentir essa paixão. Isso é algo que, pra mim, chamou a atenção, pois parece ser muito difícil de simular.

 

A peça é bem musical e sua história é constantemente intercortada por algumas clássicas canções de artistas franceses, como Edith Piaf (essa é a única que eu conheço, não sou muito conhecedor de música francesa). Nesses momentos, há uma dupla que toca e os próprios atores cantam. Ambos cantam super bem, o que é notável.

 

PARIS2

 

Para ser sincero, eu estava passando por um momento na minha vida em que eu precisava assistir algo que fosse leve, bem humorado e  tivesse uma história bonita. Essa peça veio na medida e, se Artur Xexéo estiver lendo esse texto (acho improvável, mas vai que) eu gostaria de agradecê-lo pelo espetáculo. Quem se interessar, a peça está em cartaz no teatro Leblon, na Rua Conde Bernadette, 26.

 

Você vai gostar também de:

 

relacionamentos stormtrooper cozinhar stormvengers

 

Perfil Bruno

Bruno Machado

Perfeito para quem quer um programa romântico a dois.
e a favor de uma negociação diplomática com os kibes.

Facebook

Cris Siqueira
por

Cris Siqueira

Nerd, administradora, RPGista, apaixonada por gastronomia, curiosa sobre todos os assuntos e acha que Darth Vader é Deus. Gasta seus “bons tempos” escrevendo, lendo, vendo seriados e viajando. Reza todos os dias para tirar sempre 20 nos dados e nunca morrer no meio de uma batalha!

Recomendamos para você