A história continua…

 

Sinopse

Os garotos da família Fisher sempre estiveram ao lado de Belly em suas aventuras. Conrad é ousado, sombrio, inteligente. Já Jeremiah, é confiável, engraçado, espontâneo. Mesmo sendo tão diferentes, os três constroem uma amizade que parece inabalável. Apenas parece… Tudo muda quando, em uma dessas férias, Conrad demonstra sentir algo por ela. O problema é que Jeremiah faz o mesmo. À medida que os anos passam, Belly sabe que precisará escolher entre os dois e encarar o inevitável: ela vai partir o coração de um deles. 

A História

Você certamente ficou se perguntando o que aconteceu com Belly e Conrad após o término do primeiro livro. Quem é que termina desse jeito, deixando o leitor pra lá de curioso? Jenny Han sabe, sem dúvida, como prender nossa atenção.
A trama retoma pouco tempo depois de onde o capítulo anterior nos deixou. Mas para quem torcia para o casal protagonizado pelo irmão mais velho e a protagonista, aqui vai uma péssima notícia. Sem Você Não é Verão começa com uma briga de Belly e Conrad. Tal discussão resultou no término do relacionamento dois dois, e por consequência, um estranhamento entre os irmãos. Mas essa está longe de ser a maior preocupação.
Assim como Belly, todos os envolvidos de ambas as famílias estão arrasados. Susannah não conseguiu vencer sua doença, o que devastou a todos. Enquanto a menina lembra da amiga com tanto carinho, cada personagem lida com o luto e a saudade de sua própria maneira.

Eu o odiava mais do que tudo. Eu o amava mais do que tudo. Porque ele era tudo. E eu odiava isso também.

Ao passo que a história se desenvolve, conhecemos mais de cada personagem. O luto revela o pior e o melhor de cada um, principalmente de Conrad e Laurel. A mãe da menina se fecha pela perda da melhor amiga, e por consequência, negligencia muitos a sua volta.
Conrad vestiu a máscara de homem de casa e embora sinta saudade da mãe, não deixa a tristeza transparecer. Cada vez mais distante das pessoas, ele parece não se importar com mais nada, nem com si mesmo. Inegavelmente, seu relacionamento com Belly não lhe parece importante. Parece.
Sozinhos no mundo, Belly e Jeremiah se aproximam. Mesmo que a melhor amiga da menina, Taylor, tente trazê-la para a cidade, é na velha cidade de Cousins que ela encontra conforto. Ter de lidar com os irmãos Fisher sozinha é complicado, mas necessário. Antigos sentimentos são sobrepostos por novos que começam a surgir. E Conrad enfim descobre as consequências de seu comportamento.

 

Sem Você Não é Verão

Jenny Han mais uma vez mexe com nossos sentimentos e opiniões. Enquanto no primeiro livro ela criou uma imagem de Conrad, no segundo ela a destrói. Ao mesmo tempo que nos revela o lado emotivo e intenso do irmão mais velho, a autora nos apresenta a um Jeremy sensato e empático. Mas acima de tudo, a forma como ambos tratam seus sentimentos por Belly não poderia ser mais diferente.

Uma vez que a Editora Intrínseca relançou os três livros da trilogia, é possível ler um atrás do outro. Inclusive, é altamente recomendável. A maneira como Jenny Han desenvolve o segundo livro, o torna uma extensão perfeita do primeiro. Nem parece que terminamos uma trama para começar outra. Sem Você Não é Verão é a continuação que precisávamos!

APROVEITE PARA CONHECER NOSSO CANAL DO YOUTUBE:

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: