Escolha uma Página
Uma das personalidades mais importantes da história do Brasil, Santos Dumont vai ganhar uma minissérie na HBO.  Tivemos e oportunidade de entrevistar o protagonista, João Pedro Zappa, e os diretores da produção, Estevão Ciavatta e Fernando Acquarone. Além de contar com a presença de Roberto Rios, produtor de séries latino-americanas do canal. Santos Dumont morou na França por muitos anos, e parte dos episódios se passam em Paris, e podemos ouvir os atores falando em português, francês e até mesmo em espanhol!  Zappa disse que estudou muito para isso, já que não falava francês antes:
“Eu tive que aprender e foi uma aposta muito grande deles em mim, muito corajoso da parte deles. Foram cinco meses diários de aula de francês e ensaio em francês, bater texto em francês e tudo que podia. Meu maior medo era de conseguir improvisar em francês, já que em português e inglês era tranquilo, que sou fluente, mas no final já conseguia. E espanhol eu sou autodidata”.
E o elenco não é composto apenas de atores brasileiros, mas também de franceses, belgas e até argentinos que falam francês, como revelou Fernando. Apesar dos roteiros serem escritos em português, Roberto admitiu que eles compraram a briga de ter as quatro línguas na série, o que deu um “sabor internacional ao projeto, uma autenticidade para Paris da virada do século”. Sobre recriar tanto o Brasil, quanto a França dessa época, Estevão disse que tudo foi por muita pesquisa de locação. A série foi rodada em Petrópolis, Rio de Janeiro e São Carlos, mas Paris foi ‘montada’ parte no Rio, parte na Universidade Rural do Rio de Janeiro e parte em Petrópolis. E ele completou dizendo:
“Conseguimos salões muito imponentes, pois estamos falando de um cara muito rico, na cidade mais rica do mundo na época, então foi necessário um trabalho muito criterioso de locação e de direção de arte também. E os figurinos também, são todos maravilhosos”.
A história transita entre três períodos da vida de Santos Dumont, enquanto criança, adolescente e adulto, e Roberto brincou dizendo que provavelmente essa decisão de mostrar as três épocas ao mesmo tempo foi culpa sua, já que “não queria esperar três episódios para ver ele voar”. Para gravar Santos Dumont, foram construídas partes das estruturas das máquinas em que o inventor voava, principalmente as bases, que eram presas a gruas para poder gravar as cenas aéreas. Zappa revelou que procurou fazer a maior parte de suas cenas, sem uso de dublês, apesar de sentir medo em algumas, já que chegou a ficar a 45 metro de altura para gravar:
“Eu botei na minha cabeça que a gente não poderia perder tempo por causa de questões superficiais, e eu considerei que eu travar de medo em algum momento fosse muito superficial”.
Mas o ator completou dizendo que sentia muito prazer em fazer as cenas voo, e que poder interpretar Santos Dumont é “uma responsabilidade muito grande, mas também um presente muito maravilhoso”.

 

Santos Dumont estreia neste domingo na HBO, às 21h.