Agents of S.H.I.E.L.D estreou em setembro e até o momento foram exibidos cinco episódios. Enquanto o sexto não dá o ar da sua graça, vamos fazer aqui um resumão dos primeiros episódios e o que podemos entender da série nesse início.

ATENÇÃO: TEXTO ABAIXO PODE CONTER SPOILERS

Episódio 1 – Pilot

Shield-1x01-3

Quando o episódio piloto da série começou, a primeira imagem que me veio foi a do agente Phil Coulson morto em Os Vingadores. Óbvio que todos nós sabíamos que ele ressurgiria na série, mas a grande dúvida seria como ele apareceria. Pois bem, Coulson apareceu como se nada tivesse acontecido, num interrogatório com Maria Hill (que não participa mais frequentemente da série porque ela também precisa ser a Robin de HIMYM). A princípio o que nos deixa com a pulga  atrás da orelha é quando Coulson começa a falar do Taiti – um lugar mágico – e o médico que o examinou e a Maria Hill comentam que “ele nunca saberá que não esteve no Taiti”. E aí fica o mistério.

No primeiro episódio a equipe é apresentada e tenta trazer para o lado negro da força para seus domínios Mike Peterson, pai de família desempregado e à beira do desespero que é flagrado pela hacker Skye salvando uma mulher de um prédio em chamas de uma forma inusitada. Mike acaba virando cobaia de Centopeia, uma organização maléfica e misteriosa que desenvolve super poderes em humanos com algum dom usando a tecnologia Extremis – que vimos em Homem de Ferro e alguns dispositivos alienígenas. Não sabemos de cara quais os objetivos da Centopeia mas já dá pra perceber que não são as melhores intenções. Skye acaba se juntando ao grupo de agentes (não engoli ela ser tão bem aceita, ela é HACKER!) e os agentes “vencem” seu primeiro desafio protegendo Mike da Centopeia e lhe dando uma segunda chance após causar alguns transtornos com seus super poderes.

Episódio 2 – 0-8-4

Agents-of-S.H.I.E.L.D.-S01E02-02

No segundo episódio, Coulson e a equipe vão ao Peru investigar um caso relacionado a objeto não identificado. Lá eles encontram a tenente Camilla Reyes, antiga parceira e ~amiga~ de Coulson que junto com sua equipe se unem para solucionar o tal caso. Mas Camilla se mostra uma cobra fazendo todo mundo refém com o objetivo de se apoderar do 0-8-4 mas a equipe pensa e trabalha junto e consegue virar o jogo. Nesse episódio fica muito evidente o papel e as características de cada agente e vale um elogio especial para Melinda May, que é uma ótima piloto, inteligentíssima e ágil nos golpes de artes marciais mas tem alguma coisa no passado dela que nos deixa encucados. E Fitz-Simmons que não tem experiência em campo e são medrosíssimos – é até engraçado vê-los com medo mas os dois são gênios. E o entrosamento entre os dois é algo absolutamente sensacional.

Destaque para Nick Fury que faz uma aparição reconfortante no final do episódio dando um puxão de orelha em Coulson. Aparece mais, Fury!

Episódio 3 – The Asset

the-asset

E Graviton apareceu! Dr. Franklin Hall – quem acompanha as HQ´s sabe que ele é o Graviton – é sequestrado e obrigado a se aliar a Ian Quinn, milionário que consegue reproduzir um aparelho que manipula o Gravitonium, raro elemento que controla a gravidade. Nesse enredo, o Dr. Franklin é apenas um cientista brilhante que foi o mentor de Fitz e Simmons – e só aí eu entendi que a relação dos dois é de loooonga data e talvez isso seja um elemento a mais de tanta afinidade. Não me lembro agora se eles tinham mencionado que se conheceram na faculdade nos episódios anteriores, mas eu só percebi nesse episódio. É também a primeira prova de fogo para a Skye quando ela se infiltra numa festa na casa de Quinn para tentar parar o Dr. Hall que de cientista pacato e bonzinho vira um monstro querendo controlar o mundo na base do controle da gravidade – e morre numa ação ousada de Coulson. “Morre”, porque o final dá a entender que essa história do Graviton ainda deve render.

Episódio 4 – Eye-Spy

Shield 1x04

Akela Amador é uma ex-agente da S.H.I.E.L.D que foi protegida por Coulson e é controlada por uma organização secreta – tão secreta que nem ela conhece. Ela vive com um dispositivo implantado nos olhos e é manipulada pela organização e obrigada a cometer crimes. A cena inicial em que ela rouba diamantes de agentes especiais de um banco sueco, não sei porque me remeteu à trilogia literária Millennium de Stieg Larsson – talvez a mistura entre ação, coisas bizarras e Suécia tenham me remetido à tal lembrança. Enfim, a equipe se desloca para a Bielorrússia para ir atrás de Akela – com a inexperiência e genialidade de Fitz-Simmons a flor da pele. Eles já são os meus personagens preferidos junto com a Melinda May e a Skye mostrando suas habilidades de hacker. No começo você odeia a Akela porque ela é uma vilã sem escrúpulos mas depois que a conhece entende porque Coulson a defende tanto e você passa a se simpatizar com ela. Nesse episódio o humor é muito explorado como na cena em que Ward recebe ordens para seduzir um guarda e o jogo de poker entre Fitz (o nerd fofo) e Ward.

Episódio 5 – The Girl in The Dress Flower

Agents-of-SHIELD-S01E05-Girl-in-the-Flower-Dress02

Esse episódio tem uma ligação com o episódio piloto: o mágico chinês Chan Ho Yin tem habilidades de pirotecnia desconhecidas e inofensivas até ele cruzar com Reina, integrante da maléfica Centopeia. Sim, a organização que foi apresentada no primeiro episódio apareceu novamente para usar o pobre Chan como cobaia e potencializar seus super poderes, além de fazer uma bela lavagem cerebral no rapaz e transformá-lo num monstro. Também podemos conhecer um pouco da Skye e o que ela quer afinal na S.H.I.E.L.D. Ela encontra o ex-namorado e até pouco tempo aliado Miles, também hacker da Maré Crescente que é capturado pelos agentes que acabam flagrando Skye num “remember” com o ex. Nesse momento ficamos todos em dúvida com relação ao caráter e às verdadeiras intenções de Skye, mas depois que ela conversa com Coulson e conta um pouco da sua história, das suas razões para ter virado hacker e sua verdadeira busca na vida – a identidade de seus pais – sentimos uma pequena ponta de confiança nela.

Nesta semana temos o sexto episódio e eu espero de coração um pouco mais de definição nos rumos da S.H.I.E.L.D. O trailer já saiu:

POST ORIGINALMENTE ESCRITO PELA COLABORADORA THAIS CRUVINEL.