A velhice vem para todos, coxinhos. Evolutivamente falando, é comum que todos, em algum momento, sintam a vontade de ter filhos. E, para nós rpgistas, uma dúvida sempre vem: como ensinar RPG para seus filhos.

 

Inserir um RPG complicado e exigir apenas o uso da imaginação, sem um empurrãozinho sequer, pode ser desestimulante. Por isso, um RPG para crianças deve ser relativamente simples, cheio de imagens para o estímulo e de evolução rápida. Não é atoa que as artes marciais para crianças têm mais níveis de graduação que para os adultos. Elas precisam sentir, e rápido, que estão evoluindo. [Clique nas imagens abaixo para vê-las em tamanho real]

 

crianças jogos rpg

 

Já vi vários RPGs que buscam fazer este papel, mas nenhum foi tão eficiente nisso quanto o velho Dragon Quest. O método de jogo é extremamente simples, não exigindo que as crianças decorem muitas regras. Há cartas com desenhos e estatísticas de cada item ou criatura que apresentam o universo do RPG para os neófitos. A evolução se dá na velocidade de 1 nível por busca, o que faz com que elas percebam que há uma recompensa em atingir seus objetivos.

 

Há apenas um defeito: o jogo não é mais fabricado. Há tempos consegui um usado em um encontro de RPG e ele se mostrou muito útil para ensinar meus primos pequenos a jogar. Mas esta, atualmente, é a única forma de conseguir um exemplar.

 

Resta a difícil procura pelos usados ou a esperança (vã, acredito) de que a resolva lança-lo novamente. E vocês, coxinhos, têm seus RPGs preferidos para o ensinamento de neófitos?

 

Perfil Gest Post

Guest Post

Participação especial na Coxinha Nerd!
Rafael Badia, ex colaborador da Coxinha Nerd!
Twitter

Compartilhe: