Escolha uma Página

SAUDADES.

Robin Williams

Ainda parece difícil de acreditar. Crescemos vendo Robin Williams em seus lendários papéis no cinema, certamente memoráveis. Há cinco anos, o mundo teve de se despedir de um de seus melhores comediantes. Vítima de uma silenciosa doença, aquele que nos fazia rir, simplesmente não conseguia. Robin Williams perdeu para a depressão, enquanto nós perdemos um de nossos maiores. Em homenagem ao legado do ator, separamos alguns de seus papéis mais icônicos.

Mork and Mindy

Poucos sabem, mas foi esta a produção que lançou Williams ao estrelato. A série traz o ator no papel de um alienígena, enfrentando dificuldades em seus primeiros momentos no Planeta Terra.

Uma Babá Quase Perfeita

É impossível pensar em Robin Williams sem lembrar da Sra. Doubtfire. Na pele de um de seus personagens mais bonitos, Daniel Hillard se vestia de mulher diariamente para poder ver seus filhos. Foi a saída encontrada por ele para passar despercebido perante as ordens da ex-mulher. Com direito a enchimentos e muita maquiagem, William se tornou irreconhecível o suficiente para entrar para a história.

Gênio Indomável

Ao lado de Matt Damon e Ben Affleck, Robin Williams ganhou o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante em Gênio Indomável. Na pele de um professor de psicologia, ele enfrentou os desafios de tentar reparar uma mente dada como perdida. Para a surpresa de todos, porém, tal mente se revela um gênio da matemática

Sociedade dos Poetas Mortos

John Keating foi professor de muitos, principalmente de quem se dignou a conhecê-lo. Oh capitão, meu capitão! Fazer adolescentes se interessarem por literatura não é fácil, mas ele conseguiu. De sua forma nada ortodoxa, despertou o amor naqueles que julgavam não serem capazes de tal. 

Patch Adams

A imagem de Robin Williams será sempre ligada a seu papel mais famoso. Hunter Adams, ou simplesmente Patch, despertava sorrisos em crianças que há muito não sorriam. Através de conversas, piadas e verdadeiras lições de amor, o médico ensinava seus pacientes sobre o significado de viver. Duvido que você não tenha chorado em diversas cenas! 

O Gênio da lâmpada

Não foi apenas mostrando seu rosto que Robin Williams se destacou. Foram inúmeros trabalhos como dublador, dentre eles, nosso amado gênio azul. E no ano em que tal papel foi interpretado por Will Smith, lembrar a obra original de Aladdin é reconfortante. 

Bom dia, Vietnã

Não apenas seus personagens se tornarem eternos, como também seus jargões. Williams imortalizou Bom dia, Vietnã, frase que dizia no filme homônimo. Nele, o ator vivia um DJ com uma missão pra lá de especial. Ele comandava um programa de rádio, cujo objetivo era informar sobre as tropas norte-americanas em missão no país. 

Jumanji

Uma nova versão da produção foi lançada, contando com Dwayne Johnson, Nick Jonas e muitos outros. Mas anos atrás, Jumanji chegava aos cinemas com Robin Williams. Alan Parrish passou anos preso dentro do jogo, quando finalmente é libertado por um grupo de crianças. O resultado todos sabemos, um verdadeiro pandemônio. 

O Homem Bicentenário

Até mesmo como um robô Robin Williams já se destacou. Quando é comprado para ajudar nas tarefas de casa, a máquina acaba desenvolvendo sentimentos. Para surpresa de seus donos, aquela estrutura de metal se revela mais humano do que muitos. Andrew Martin demora, mas enfim consegue o que sempre quis ser, um humano. 

Robin Williams ainda atuou em muitas outras produções, cujos papéis se tornaram lendários.