Foi com muito pesar que todos os fãs de Glee receberam a notícia sobre o falecimento do ator Cory Monteith (Finn) neste final de semana (14 de julho de 2013). A polícia de Vancouver, Canadá, anunciou a notícia oficialmente através de seu twitter na manhã do domingo e a partir daí, inúmeras hashtags e mensagens invadiram as timelines de todos os fãs no mundo inteiro.

 

Como muitos artistas jovens hollywoodianos, Cory já havia apresentado alguns sérios problemas com as drogas. Foi de conhecimento de todos através da imprensa que Cory deu entrada em uma clínica de reabilitação por conta própria, ser famoso e encarar um problema desses não deve ser nada fácil. Bom, a primeira notícia não-oficial que saiu nos jornais canadenses e americanos é de que Cory tenha falecido por overdose – ter histórico nesses horas é uma m*.

 

rachel e fnn

 

Cory namorava Lea Michele (Rachem, acima) e, neste momento, a mente de muitos fãs se funde em tristeza. De acordo com os jornais, Cory estava hospedado em um hotel  desde o último dia 06 e sua reserva vencia neste sábado. Como passou da hora de check-out e o ator não saiu de seu quarto, a equipe que trabalhava no local, foi verificar se estava tudo certo. Para os fãs da série, dos personagens e do casal, a tristeza é muito grande.

 

Depois do falecimento de inúmeros artistas jovens, seja de cinema, TV ou música, só me pego pensando na quantidade de problemas que a falta de maturidade com relação à fama pode trazer para a vida. Um despreparo para lidar com as possibilidades, com os limites, com as regras de uma sociedade que, independente de sua parcela de fama, são iguais para todos. Ter humildade, ser consciente e se deixar ajudar pelos mais “caminhados” é nosso dever. Por isso, utilizemos estes exemplos de “erros” com péssimas consequências para que não sejamos pessoas incapazes de entender o que significa o LIMITE. Sentiremos saudades.

 

Perfil Coxinha

Coxinha Nerd

Vá em paz, Cory.
A favor dos nerds e contra a tirania dos Kibes.
Facebook | Twitter

Compartilhe: