Imagine-se uma criança introspectiva, de sete anos. Estudante de um tradicional colégio do Rio de Janeiro, sofre bullying dos colegas. Triste, sem saber lidar com esse mundo cruel que lhe cerca, talvez procurasse refúgio no mundo dos sonhos, certo? Mas e se esse mundo dos sonhos fosse na verdade um universo de pesadelos e dor e cada cochilo pudesse ser fatal?

Em Beladona, acompanhamos a vida de Samantha desde criança em sua luta para sobreviver à rotina do mundo real e do mundo dos pesadelos, enfrentando monstros e perigos que têm um objetivo sinistro para nossa heroína. Escrito magistralmente por Ana Recalde e com os belos traços de Denis Mello, a trama nos dá o prazer de acompanhar o crescimento da personagem, tanto em idade quanto em personalidade, numa transformação assustadora.

Como uma boa narrativa de terror, os sustos são constantes e por muitas vezes o aparente final feliz escapa, por um triz, só para nos deixar mais angustiados. O desespero de Samantha é nosso também. Da aterrorizante sequência de abertura na estação de trens abandonada até o clímax da hq, Beladona entrega um excelente conto de terror moderno. De tirar o sono.

Beladona foi lançada como webcomic no site Petisco (clique aqui para conhecer) e depois compilada numa edição impressa da AVEC Editora, recheada de extras legais, principalmente para quem gosta dos bastidores da produção de uma história em quadrinhos.

Beladona-ana-recalde

Compartilhe: