As regras de mineração do Bitcoin, moeda digital concebida por Satoshi Nakamoto, mudam em 09 de julho de 2016. A CoinBR, referência em serviços de blockchain e Bitcoin no Brasil e na América Latina, explica o que acontecerá com a implantação das novas regras e como elas afetarão os mineradores dessa moeda digital.

Como é hoje? Satoshi Nakamoto programou o algoritmo que sustenta o bitcoin para funcionar de modo que as transações são agrupadas em um bloco a cada 10 minutos. Ele também desenhou um sofisticado e inteligente sistema de recompensas para incentivar os mineradores, aqueles que validam as transações que estão sendo incorporadas à blockchain.

 A cada vez que um novo bloco é resolvido, o que significa que o minerador verificou todas as transações do bloco e que estas foram provadas válidas para mais de 50% do resto dos mineradores, aquele bloco minerado é adicionado ao livro-registro, na sequência de todos os outros blocos que já foram mineradores no passado. Automaticamente, os registros de todos os mineradores são atualizados para refletir a última adição na corrente de blocos, e aquele minerador que realizou o último trabalho de verificação é recompensado.

O código do bitcoin é programado para liberar automaticamente um montante de bitcoins para o minerador que trabalhar mais rápido naqueles últimos 10 minutos. É assim que novos bitcoins entram em circulação, sem a necessidade de uma autoridade central controlar seu suprimento, como acontece com as moedas tradicionais. O montante da recompensa foi programado para cair pela metade a cada 210 mil blocos minerados, ou a cada quatro anos. Quando o bitcoin foi lançado em 2009, o minerador recebia 50 bitcoins por bloco minerado. Em 2012, o bloco de número 210 mil foi minerado e a recompensa caiu para 25 bitcoins.

Quando? Em 9 de julho de 2016, será atingida mais uma marca de 210 mil blocos minerados.

O que vai acontecer? A partir de 9 de julho de 2016, o valor da recompensa por bloco minerado cairá pela metade. Os mineradores passarão a receber 12,5 bitcoins por bloco minerado, em substituição aos 25 bitcoins pagos atualmente. Este mecanismo foi desenhado por Satoshi Nakamoto com o objetivo de controlar o suprimento e limitar a inflação da moeda digital.

Onde? A mudança ocorre em âmbito global, afetando mineradores de todas as partes do mundo.

Com quem falar sobre as tendências para o futuro do Bitcoin e de outras moedas digitais? Safiri Felix, CEO da CoinBr, está à disposição para falar a respeito da alta recente no valor do bitcoin, que passou os US$ 700 nas últimas semanas por conta do Brexit e da desvalorização do Yuan na China, e sobre o futuro das moedas digitais diante do cenário político-econômico mundial.

LEIA TAMBÉM:

A TRILOGIA SHIVA

OS VIVOS E OS MORTOS

DOCTOR WHO CIDADE DA MORTE

VERSÃO BRASILEIRA HERBERT RICHARDS