Quem foi Saint Patrick?

-por , em 17/03 -
Quem foi Saint Patrick?

Hoje é dia de St. Patrick, Paddy para os mais íntimos ou simplesmente São Patrício em português. Uma das datas mais celebradas pelo mundo e a mais importante do calendário da Irlanda, país que tem Patrick como seu santo padroeiro é comemorada com festa, cerveja, trevos de três folhas e muito verde . Muito além disso, a data tem um significado importante para os irlandeses, pela história de seu santo protetor.

História essa que começa pelos idos do século IV, quando St. Patrick, cujo nome de batismo era Maewyn Succat, nasceu na Inglaterra Romana. Filho de ricos fazendeiros, foi sequestrado aos dezesseis anos por rebeldes irlandeses e levado para a Irlanda, onde foi feito prisioneiro na costa oeste do país, possivelmente em County Mayo. Lá, passou seis anos em cativeiro e durante este período dedicou-se à religião. Através de sonhos, recebeu um aviso divino para retornar à sua terra natal e assim o fez. Já de volta à Bretanha, estudou no seminário por quinze anos e novamente por sonhos, recebeu um chamado de Deus para voltar à Irlanda, como bispo e converter o povo  ao cristianismo, já que na época o país era politeísta. Lá adotou o nome cristão de Patrick e já habituado com a cultura local, adotou métodos de catequização baseados em símbolos pagãos para que os irlandeses assimilassem melhor a religião.

Irish

O principal método segundo a lenda era a utilização do trevo de três folhas (o shamrock) para explicar o conceito da Santíssima Trindade – daí a explicação do fato do trevo irlandês ser o principal símbolo de St. Patrick, assim como a cor verde. Seu trabalho evangelizando o povo Irlanda afora durou cerca de trinta anos e ele faleceu em 17 de março de 461. Desde então, instaurou-se a data como o dia do Padroeiro da Irlanda que foi considerado o primeiro missionário da era cristã.

Paradinha Dub

A legítima Parada de St. Patrick de Dublin, na Irlanda

No início, o St. Patrick´s Day era um dia dedicado à missas e da Igreja. A primeira parada de St. Patrick, um dos símbolos da data em diversos lugares do mundo aconteceu não na Irlanda, mas nos Estados Unidos em meados do século XIX. Nessa época havia um grande fluxo de imigração irlandesa para a América e todo dia 17 de março os irlandeses marchavam pelas cidades para lembrar a data e reforçar suas tradições.  Hoje a maior parada de St. Patrick é a de Nova York: cerca de 150 mil pessoas percorrem 2,5 quilômetros, passando pela Catedral de St. Patrick localizada na Quinta Avenida.

Ano passado contei aqui sobre as minhas próprias experiências em festas de St. Patrick – todas passadas em São Paulo, com exceção da de 2011, quando passei em Dublin. Tentando deixar um pouco a minha paixão louca de lado, ouso dizer que aquele foi um dos dias mais legais da minha vida e desde então, virei irlandesa de coração. Sim, eu prefiro celebrar um feriado irlandês do que uma manifestação brasileira, como o Carnaval. Me julguem.

Caco Patrick

Independente disso, é inegável que o St. Patrick´s Day com o passar dos anos – e muito também por sua força nos EUA  –  se tornou um grande marco dentro da cultura pop, já que não é raro programas populares americanos fazerem suas referências à festa (falaremos sobre isso mais tarde). Independente dos motivos pelos quais cada país faz sua versão da festa, o mais legal é conhecer a história real por trás dos trevos e das roupas verdes e principalmente, o real significado do Paddy´s.

Para se inspirar e se sentir um verdadeiro irlandês, pelo menos por hoje:

Para ler e saber mais mais

Para ouvir 

Para achar engraçado e concordar 

E se os Beatles fossem irlandeses?

Cris Siqueira
por

Cris Siqueira

Nerd, administradora, RPGista, apaixonada por gastronomia, curiosa sobre todos os assuntos e acha que Darth Vader é Deus. Gasta seus “bons tempos” escrevendo, lendo, vendo seriados e viajando. Reza todos os dias para tirar sempre 20 nos dados e nunca morrer no meio de uma batalha!

Recomendamos para você