Conheça a história de Joan Lennon

 

Os Prós e os Contras de Nunca Esquecer

O sucesso dos Beatles é indiscutível. A banda britânica continua a reunir multidões de fãs ao redor do mundo, mesmo que tenha deixado de existir em em 1970. As músicas cantadas pelos quatro cantores ainda permanecem entre as favoritas de muitos. O público por sua vez, varia desde os primeiros fãs até os filhos e netos dos mesmos. Os Prós e Contras de Nunca Esquecer traz exatamente isso, uma mistura de gerações apaixonadas pelos Beatles.

Joan

Não é preciso ir muito longe para entender a referência que o filme faz a banda britânica. Joan tem 10 anos e é uma menina um tanto quanto diferente. Ela está entre as poucas pessoas do mundo capaz de lembrar exatamente o que aconteceu em determinadas situações de sua vida. Além de ser extremamente inteligente, tal habilidade transformou Joan Lennon em uma criança extraordinária.

Enquanto as meninas de sua idade brincam de boneca, Joan escuta músicas antigas. Ela adora passar os minutos no estúdio do pai, dedilhando seu violão e escrevendo músicas. Com um nome desses, não era de se espantar que seu cantor favorito fosse o Beatle de sobrenome igual ao seu. Seu pai é musicista e a mãe professora, mas Joan só quer ser lembrada. Quando Gavin chega, tudo muda.

Gavin

Por mais que pareça, Joan não é a única protagonista do livro. Não demora para conhecermos Gavin, um famoso ator de seriado de televisão. Entretanto, para a família de Joan ele é muito mais do que isso. Gavin era o companheiro de um dos melhores amigos dos pais da menina na faculdade. Inesperadamente, sua vida dá uma guinada e o mundo todo do ator desaba.

Um belo dia, Sidney, namorado de Gavin, é encontrado morto no tapete de casa. Um infarto fulminante tirou o grande amor de sua vida e o ator não sabe como lidar. Tudo que ele queria naquele momento era esquecer, mas foi parar na casa de uma menininha cuja capacidade de não esquecer é muito valorizada. Até que ponto vale a pena esquecer de tudo?

 

O Livro

Os Prós e os Contras de Nunca Esquecer não era nada do que eu imaginava. Certamente não esperava uma história leve, rápida e intensa ao mesmo tempo. Houve momentos em que nada fazia sentido e parecia ter sido apenas jogado no livro, mas era exatamente isso que Val Emmich buscava.

A mente de Joan é extraordinária, mas nem sempre lembrar de tudo é uma dádiva. Em contrapartida, conhecemos o desejo árduo de Gavin em deixar Sidney ir. Os diálogos estabelecidos entre os dois são os momentos especiais do livro, onde realmente temos uma visão de Os Prós e os Contras de Nunca Esquecer.

A História

Ao contrário do que acontece com boa parte das histórias de ficção, não temos o clássico início, meio e fim. Não há um momento chave no livro, não há a grande reviravolta. O que temos aqui são partes da vida de duas pessoas colocadas perto pelo destino. Gavin precisava das lembranças de Joan e ela precisava de um parceiro de música.

Os Prós e os Contras de Nunca Esquecer nos traz uma bela amizade entre um homem e uma menina. Um relacionamento criado pelo acaso, mas que se torna fundamental para ambos, assim como para todos aqueles ao seu redor.

APROVEITE PARA CONHECER NOSSO CANAL DO YOUTUBE:

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: