Escolha uma Página

Hoje (08) foi dia de assistir Projeto Gemini, e confesso que depois de tantos vídeos divulgados pela Paramount sobre bastidores e tecnologia no desenvolvimento do longa, estava realmente curiosa. Mas, será que gostei?

O longa definitivamnte foi feito para grandes projeções, como a tecnologia IMAX por exemplo, e só de ter o talento de Will Smith em dose dupla já vale a pena.

Em uma breve sinopse o filme conta a história de um agente do governo que tem como alvo, uma versão de si mesmo. Insano, né?

A tecnologia é realmente impressionante, e gera uma impacto de surpresa em quem assiste. Contudo, toda tecnologia não vale se o roteiro não compensa, que infelizmente é o caso de Projeto Gemini. Sem saber onde se encaixar, o longa falha tanto como drama, quanto como filme de ação, mesmo as cenas de ação regadas a muita adrenalina e perseguições que empolgam, são ínfimas comparadas ao conjunto da obra. O que é realmente uma pena.

Will Simith, faz realmente um trabalho honesto, digno (como já sabemos que é capaz) e não decepciona.

Com diálogos intensos e narrativa pobre e monótona, projeto Gemini talvez leve o espectador a questionar se valeu a pena o valor gasto pelo ingresso.

Projeto Gemini estreia dia 10 de outubro nos cinemas.