O filme que lançou o personagem Predador, que viria a protagonizar vários outros filmes e se tornar uma franquia economicamente rentável, Predador – Essa semana no Pipoca Quente: Clássicos. A produção teve orçamento de 18 milhões, sendo que a arrecadação foi de 60 milhões apenas nos Estados Unidos e garantiu uma continuação. A história acompanha Duch, interpretado por Arnold blablabla e uma equipe de Boinas Verdes em uma missão para resgatar soldados e um político qualquer.

Eu assisti esse filme pela primeira vez faz muito tempo, meu pai assiste muitos filmes dos anos 80, do Arnold, Stallone, VanDame etc, foi assim que eu tive a oportunidade de conhecer muitos filmes de ação.

Predador é puramente suspense, tem uma trilha sonora que praticamente carrega o filme. Junto com Arnold consegue levar o filme para um nível completamente diferente, o que se desenvolve como uma missão em grupo se torna uma missão de 1 homem só contra o predador equipado com visão de calor, armas de plasma e ainda pode ficar invisível; Se é pra caçar e provar seu valor, acho que o predador ta fazendo isso de forma meio errada, né;

Em Alien Vs Predador, a história foi bastante modificada para unir as duas franquias. Nos filmes do Predador ele é simplesmente um caçador sem padrões maiores do que caçar e arrancar os crânios e vértebras, mas nesse primeiro filme os homens tem suas peles arrancadas, prova de que apenas nos filmes seguintes os criadores pensaram em dar mais vida ao alienígena, mesmo sem explicar direito seus motivos. De volta a Alien Vs Predador, a história diz que eles vinham à terra para caçar Aliens, o que é muito engraçado! Por que em Prometheus os aliens são uma versão modificada de uma outra mutação de uma arma biológica criada para matar a humanidade.

O que mais impressiona o filme são as explosões e a trilha sonora, de resto temos uma Arnold tentando ou não diminuir o sotaque, sempre falhando, o mais engraçado dele, sempre tem sido isso desde o “COME WITH ME IF YOU WANT TO LIVE” Assista o vídeo à seguir para mais informações. Até Sexta!

Compartilhe: