Ontem, dia 20 de março, foi a pré-estreia de Noé, filme de ação religioso dirigido por Darren Aronofsky (Cisne Negro, O Lutador). Foram exatas 3 horas de engarrafamento para chegar ao Shopping Lagoon, que estava todo produzido para receber os convidados, artistas, eu (claro!) e o anfitrião da noite – o Noé em pessoa – Russell Crowe (não, não consegui tirar uma foto com galã bíblico). Não sei se esse engarrafamento seria uma provação divina ou um sinal para voltar para casa e assistir a novela. Na dúvida, decidi conferir o longa-metragem!

 

O filme começa com o pecado original e mostra como os descendentes de Adão e Eva povoaram o mundo. De seus 3 filhos – Caim, Abel e Set – a linhagem do primeiro foi a que mais se espalhou, sendo ajudados pelos anjos caídos que, compadecidos do destino dos homens, decidiram dar uma força (O Criador não curtiu muito essa ideia). Noé – neto de Matusalém – descende de Set, e faz parte da galera que vive uma vida mais em sinergia com a natureza, sem agredir o planeta, claro, pensando já naquela época em conceitos de sustentabilidade. Também viviam se escondendo dos descendentes de Caim.

A história básica todo mundo conhece, Deus (que não é Morgan Freeman) fala com Noé para construir uma Arca, carregar um casal de cada ser vivo da Terra e se preparar pro Dilúvio, que limpará nosso mundo da maldade dos homens. O recurso utilizado para essa linha direta entre Noé e O Criador foi bastante interessante, e em minha opinião um dos momentos mais esteticamente belos do filme. Porém as cenas que remontavam a Eva pegando a maçã me pareciam muito inferiores. A serpente então, nossa senhora, tinha aparência de vilã de desenho animado do Discovery Kids, de tão tosca que era.

Pré-estreia no Cinépolis Lagoon, no Rio de Janeiro!

A premissa simples e super conhecida acaba se arrastando num filme demasiadamente longo, porém com batalhas interessantes, personagens em conflitos psicológicos e a cena do dilúvio muito bem orquestrada. O elenco possui muitos rostos conhecidos: Mestre dos Magos como Anthony Hopkins, o Gladiador como Noé, Hermione Granger como uma menina ávida para procriar, Percy Jackson como o adolescente reclamão que quer pegar a cunhada e Jennifer Connelly, linda e apagada como sempre, como Naame, a companheira de Noé.

Noé estreia apenas dia 03 de abril aqui no Brasil, e será convertido para o 3D. Confira você mesmo e nos dê a sua opinião.

Fala que se fosse rolar um filme de "Caverna do Dragão" Anthony Hopkins não daria um perfeito Mestre dos Magos?

Fala para mim: se rolasse um filme de “Caverna do Dragão” Anthony Hopkins não ficaria perfeito como o Mestre dos Magos?