Eu, como uma grande fã de quadrinhos e heróis, não podia deixar de conferir Guardiões da Galáxia 2, que estreou essa semana. E claro que adorei! Por isso, agora eu PRECISO fazer uma listinha e dizer o porque vocês deveriam assistir! Até parece que posso ficar quieta! Mas, se você for acompanhar o que tenho a dizer, deixe-me avisar: minha lista PODE CONTER SPOILERS.  Então, apenas siga adiante se não se importar com isso, ok?

Baby Groot

Gente! Para tudo! Se você for um fã do gravetinho como eu, já comece a se alegrar! As cenas mais fofas são com ele! Que rouba a cena já nos primeiros minutos de filme. Sérião! Eu fiquei em um grande dilema: olhar a ação (aquele bicho ao fundo é o mesmo de Howard, o Pato?) ou olhar o pequenino rebolando enquanto os companheiros se preocupam que ele não se machuque? Porque é como olhar uma criancinha fazendo charme!

Heróis com problemas muito gente como a gente!

Uma coisa que eu gosto é quando os heróis não são apenas mostrados como pessoas intocáveis e “fodonas” (ok, eu vibro quando um momento desses aparece e é um tapa na cara do vilão), mas também como pessoas que tem problemas como nós, meros mortais. A grande sacada do filme nesse aspecto pra mim é justo isso. Eles tentarem se ajustar um ao outro, seja como amigos, como a família que se tornaram, ou apenas tentando entender as motivações do outro para alguma coisa. E ainda assim, ser teimosos, brigarem, gritarem, serem estranhos. Não se pula pro “ok, eu te perdôo” como uma coisa banal. Ela precisa acontecer a seu tempo.

Peter Quill encontra seu pai

Uma coisa que se fez presente no primeiro filme, assim como inicialmente nos quadrinhos, é a busca do Senhor das Estrelas por suas origens, assim como o grande amor pela mãe, sempre tão citado. E a forma com que ele descobriu seu verdadeiro pai foi bem marcante. Isso mostrou a ele quem ele era. Quem ele podia e queria ser. Vale a reflexão de algumas coisas quando se para pra pensar.

Trilha Sonora e Piadas

A trilha sonora, novamente, está incrível! Quem não quer aquele Walkman? Claro que Quill terá mais possibilidades quando… Opa! Não vou contar! Vai ter de ver por conta própria essa! kkkkkk

Já as piadas, se tornaram marca da Marvel. Eu vi algumas queixas de que elas quebraram momentos tensos no filme. Será? Quem nunca fez piada de si mesmo ou de uma situação pra se dar coragem? Encarar uma situação difícil? Eu gosto das piadas e do jeito que foram introduzidas, não tenha dúvidas!

E é isso! Não esqueçam de ficar colados na cadeira quando o filme acabar, porque tem muita cena pós crédito! Acredite, só saia quando a tela apagar!

E quem sabe não nos encontramos no cinema uma hora dessas? Beijinhos e até a próxima!