O lado Pop do Rock In Rio 2013!

-por , em 16/09 -
O lado Pop do Rock In Rio 2013!

Em dias de correria e falta de tempo, eu, Dona Lelê, apareço pra comentar o lado bunitinho da música. Já que meu Digníssimo é muito macabro. Em tempos de Rock In Rio, o assunto não pode ser outro. Até pode, mas é que o festival é grande e rende assunto. E polêmica. Então venho confrontar esses dias de metal e barulho excessivo (!!) com musicas mais legais! (Ráá!)

 

Alicia Keys

 

Lembro dela, de quando era criança ainda. E nesse momento em que escrevo, assisto ao show dela. Belíssima. Bela voz, belo piano, bela mulher. O mais legal de tudo: Ela foi ao Carioca da Gema, conhecer o samba. Quer se misturar aos locais, veja você. Embora eu ache que ela tem um repertório muito água com açúcar, não sei se vai ser um show que vai fazer a galera pular, mas vale pelo talento da Alicia.

 

 

Muse

 

Eu diria explosivo. Foi um show que, sinceramente, como fã, eu não esperava. Conheci Muse, jogando Guitar Hero. Com Supermassive Black Hole. Pensei: Opaaa!!! Achei uma boa banda. Baixei cds e tal, eu gosto muito, ouço. Mas como diz meu Digníssimo, achei que fosse Boring. Surpresa total para mim e, ouso dizer, pra mais meio mundo. (Acho uma grande pena Undisclosed Desires não ter entrado na setlist do show…Mas meus destaques aqui são Madness e Starlight *-*)

 

 

Justin Timberlake e Beyoncé

 

Aaaaa gentee, eu sei que eu já falei dos dois aqui. Mas não me cansarei. O que foi aquela mulher dançando Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah Lelek lek lek??? Eu não vi essa parte do show, e quando eu soube pensei: Vai, esse povo tá exagerando. Ela só se mexeu e mais nada. Só que não!!! Ela fez passinho!! Eu sou carioca, funk faz parte da minha rotina, e eu NÃO SEI DANÇAR ESSA BOSTA! A Beyonce sabe, eu não. 🙁 O Justin é o único representante do pop que eu teria de coragem de pagar um ingresso de show. Porque é minha infância. E ele é elegante. E sim, eu gosto de mega produções, tipo Mirrors no Brit Awards. (Ráááá!)

 

 

30 seconds to Mars

 

Eu A-DO-RO o estilo camaleonico do Jared Leto (mas prefiro o cabelo rosa.. u.u). Acho que foi mais fraco que o Muse, só que as significações e duplicidades da banda me ganham mais fácil. Confesso que achei meio escandaloso demais querer conquistar o público descendo de tirolesa. Maaaaaaaas, não teve como eu não cantar Closer to the Edge junto e lembrar (tipo, muiiiito!) daquele clipe macabro de Hurricane. Sem contar com Up in the air. (Lendo por ai, achei um site esquisito dizendo que o Jared Leto é um dos chefes dos novos Iluminatti, por causa das tríades que ele tem tatuado nos braços. Medo…claro que do site!)

 

 

John Mayer

 

Que Jefferson não leia isso, mas ele é meu muso musical. Meu Divo! Eu sei que não vai ser aqueles shows dos mais agitados, mas eu espero ansiosamente pelo próximo sábado. As músicas dele são calmantes tipo Rivotril pra mim. Significam muito. Das (minhas) mais esperada estão Assasin, Wheel, Waiting on the world to change e Your body is a wonderland. Perfeito! *-*

 

 

Uma pena não ter o Coldplay esse ano, pra eu poder comentar aqui. Mas essa pode ser uma boa desculpa pra eu voltar a aparecer aqui.. (Muaaaaaaahahahaha!) Chupa Dia do Metal! (Ráááá!)

 

 

Perfil Jefferson

Dona Lelê

Beijo, meu povo!!
(Gostei do Avatar da Mônica! Sim, eu realmente pareço com ela. –‘)
Facebook

 

Cris Siqueira
por

Cris Siqueira

Nerd, administradora, RPGista, apaixonada por gastronomia, curiosa sobre todos os assuntos e acha que Darth Vader é Deus. Gasta seus “bons tempos” escrevendo, lendo, vendo seriados e viajando. Reza todos os dias para tirar sempre 20 nos dados e nunca morrer no meio de uma batalha!

Recomendamos para você