Fala Nerds! Há muito tempo que eu não fazia uma playlist! Os últimos posts foram referentes a bandas que estavam tocando em eventos, coberturas de shows e tudo mais… Agora, voltando as raízes, nada como trazer um cardápio variado hoje, não é mesmo? Temos influências de todos os lados: Hip hopMetalBluesProgressivo e muito mais… Para curtir as playlists que já sugeri aqui no blog, basta procurar por “playlist” na busca!

Curta e divirta-se também em nosso canal no Youtube, postamos vídeos três vezes por semana e sempre estamos ligados nas últimas novidades do universo da música! Inscreva-se aqui! Para receber dicas e diversão diária, acompanhe a gente também pelas redes sociais, é tudo coxinhanerd e os links estão no final do post! Sirvam-se agora de boa música!

Radio Moscow

Uma ótima banda. Tem um pouquinho de tudo: Blues, Rock n´ Roll, Stoner… Ótimas composições, Riffs pensados, uma cozinha vigorosa, que carrega o piano como ninguém.

Samsara Blues Experiment

Christian Peters (Guitarra e Vocal), Hans Eiselt (Baixo) e Thomas Vedder (Bateria) fazem um som viajante. É inebriante. E não deixa de ser pesado, o que é mais importante. Ótimos solos e um baixo avassalador.

Kvelertak

O conjunto norueguês já se estabeleceu na cena europeia parte para o mercado americano com fome. Composições que agradam o ouvinte pelo bom senso. Não existe exagero. Medem com precisão momentos de fúria e passagens mais calmas, com ótimas melodias.

We Are Harlot

Banda carismática e criativa. Músicas com uma pegada leve, simples. Um time que já entra em campo com o jogo ganho. Conta com o carioca Bruno Agra nas baquetas. Talento de sobra.

King 810

Oriundos de Flint, no Michigan, os rapazes do King 810 pegam pesado no som e nas letras. Protesto, revolta, raiva e indignação são o mote da obra dos caras. Fãs de Body Count irão se identificar.

Gostaram das dicas? Querem mais playlists? Comente aqui embaixo!