Antes mesmo da estreia de Wandavision já se especulava sobre quais quadrinhos a série do Disney Plus se basearia. E após conferirmos os primeiros episódios ficou clara que muitas das teorias dos fãs estavam no caminho certo.

No entanto se ainda existia dúvidas, em entrevista à Variety, Paul Bettany revela os quadrinhos que serviram de inspiração para a produção:

“Recebi uma ligação de Kevin Feige: ‘Venha me ver no escritório’. Virei para minha esposa e disse: ‘Acho que serei dispensado’, afinal o Visão havia morrido no MCU. Quando cheguei no escritório, Louis D’Esposito e Kevin Feige estavam lá e eu não queria que ninguém se sentisse desconfortável, então comecei com, ‘Olha, eu entendo totalmente. Tem sido ótimo. Tive uma ótima trajetória…’ Eles disseram: ‘Espere, você está se demitindo?’ E eu disse: ‘Não, você não está me demitindo?’ Eles disseram: ‘Não, vamos te apresentar um programa de TV’. Então eu disse: ‘Ok, estou dentro!’. Em seguida, conversamos sobre duas histórias em quadrinhos que eu realmente amo: “Dinastia M” e “The Visions”, que é uma história sobre a Visão tentando construir uma família no subúrbio e foi uma espécie de mistura entre elas, e também com uma espécie de siticons americanas ao longo das décadas.”

A nova série da Marvel Studios “WandaVision” combina o estilo das comédias clássicas com o Universo Cinematográfico da Marvel para contar a história de Wanda Maximoff (Elizabeth Olsen) e Visão (Paul Bettany), um casal de super-heróis com uma vida perfeita, que começa a suspeitar que nem tudo é o que parece.

Os novos episódios de Wandavision chegam às sextas no Disney+.