Conheça comigo o Parque PETAR!

-por , em 13/11 -
Conheça comigo o Parque PETAR!

Cansado de levar sua família no Ibirapuera, na praia de Copacabana ou só num cineminha básico mesmo? Pois então prepare-se para sair completamente da rotina e venha conhecer as maravilhas que o PETAR vai trazer a você! Lá você vai encontrar muito verde, animais silvestres cavernas e cachoeiras lindas de se ver. É uma experiência única que vale MUITO a pena! Bora Conferir!

Para quem nunca ouviu falar, o parque é uma das reservas ecológicas que constitui o mosaico de áreas de conservação do Paranápiacaba. Ele se chama “Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira” (daí a sigla PETAR), e fica bem próximo da famosa Caverna do Diabo, apesar desta não estar dentro do seu perímetro.

É interessante citar que quem visita ele, geralmente aluga um quarto em alguma pousada local para passar o final de semana. Eu super recomendo a você que faça o mesmo. A viagem até lá pode ser bem cansativa e um dia não basta para aproveitar todas as atividades que ele disponibiliza.

Parque Petar

O foco ao se visitar o parque, apesar da fauna e flora nativa e das trilhas que se pode fazer,  com toda certeza está na visitação de algumas das mais de 300 cavernas do local. Em minha viagem com a faculdade visitamos apenas 4 delas, devido ao pouco tempo que dispunhamos. Para se ter noção de como dois dias inteiros não bastam, você pode chegar a gastar facilmente até duas horas e meia em só uma caverna, dependendo de qual for. Pode parecer muito, mas uma vez lá dentro, você perde a noção do tempo e apenas se delicia com a situação. Eu não me importei nem um pouquinho! Só me chateou o dia acabar tão rápido e eu não conseguir ver mais coisas, uma pena.

Para você ter uma noção de como la é legal, eu separei algumas fotos da minha excursão para compartilhar com vocês ,afinal, uma imagem vale mais do que mil palavras! Neste caso, legendei as maioria delas para facilitar o entendimento! Você pode ver as legendas clicando na imagem desejada. Ah! eu também adicionei curiosidades! Dá uma olhadinha:

Fora o que deu para ver aí, nós também entramos na piscina natural da cachoeira Beijaflor para nos limparmos e relaxarmos um pouco, nós fizemos trilha, aprendemos muitas curiosidades sobre o parque e as cavernas, tivemos atividades no escuro absoluto e até nadamos num rio! Praticamente não ficamos parados! Haja dorflex depois para recuperar! Mas valeu a pena 🙂

Por questões de segurança e preservação, hoje em dia não se é mais permitida a entrada nas cavernas sem traje adequado (calça comprida, camiseta com manga, tênis anti-derrapante e capacete com lanterna) e muito menos sem acompanhamento profissional de um guia local. Também não se é permitido percorrer percursos das cavernas que não estejam na trilha programada, precisando-se de autorização especial e por escrito para agendar uma visita diferenciada. Antigamente, no entanto, tudo era livre e acredite, até casamento rolou em uma das cavernas!

Agora, para quem se interessou, aqui vão algumas dicas importantes de alguns fatos que notei em minha estadia que podem ser bem úteis para você aproveitar melhor o seu passeio:

>> Planeje com antecedência! Escolha a pousada que preferir (Caso ajude, ficamos na “pousada da Diva”, bem próxima ao parque) e se possível ligue no parque para já agendar um guia! Assim evitamos imprevistos!

>> Leve roupas velhas e esteja ciente de que voltarão bem sujas e úmidas

>> Avise seus parentes e amigos antes de viajar sobre o local para onde está indo. Lá é bem difícil ter Wi-Fi. Quem dirá sinal de telefone!

>> O tempo médio de viagem até o PETAR, partindo do ABC paulista, é de seis horas.

>> Em média, é possível visitar até 3 cavernas em um dia, se o visitante chegar por volta das 8:30 da manhã.

>> O protetor solar se for esquecido não fará tanta falta. Alí, por ser Mata atlântica, chove, tem neblina ou garoa com frenquência considerável! No entanto, jamais deixe para trás o seu repelente!

>> Leve trajes de banho. É recomendável colocá-los por baixo da roupa quando for às trilhas e cavernas, para que possa entrar na água sem medo, caso deseje.

>> Dentro das cavernas não se entra com mochila, então deixe na pousada tudo o que for de valor. Se levar celulares e/câmeras, coloque-os dentro de proteções a prova d’água, preferencialmente com cordinha para pendurar no pescoço e deixar as mãos livres.

>> Nunca esqueça a garrafinha de água. Ela não entra nas cavernas, mas é muito importante para se hidratar nas trilhas!

>> O custo total, incluindo a estadia do ônibus conosco durante 2 dias e 2 noites, a pousada com café da manhã, almoço e jantar e também as entradas do parque, ficou em R$450,00 para cada aluno. Ao todo, 42 alunos participaram, mais 2 professores, e fizemos uma viagem saindo da faculdade as 23hrs na sexta e chegando Às 20hrs no domingo. O preço para um família pequena indo de carro particular pode se mostrar bem mais baixo para cada um.

>> A pousada/monitoria já nos disponibilizou capacetes, lanternas, lanches de trilha e boias para o boiacross, não sendo necessário por nossa parte o providenciar dos equipamentos. Consulte com o guia que contratar se ele lhe fornecerá o mesmo!

Parque Petar

A reserva do PETAR fica na Rodovia SP-165, na zona rural de Iporanga em São Paulo. O preço de entrada é de R$12,00 por visitante, tendo meia entrada aos estudantes e franca para maiores de 60 anos e menores de 12 ou deficientes. Deficientes físicos e visuais conseguem fazer a visitação sem grandes problemas, mas recomenda-se avisar a monitoria e também se consultar sobre providências a serem tomadas.

Espero que você tenha se encantado tanto quanto eu pelo parque! Ano que vem com certeza to lá de novo!

Até lá, eu vou ficando por aqui, deixando ESTE LINK para o site oficial do local, onde tem a história e mais informações!

Beijinhos e até a próxima!

Larissa Fogo
por

Larissa Fogo

Otaku e gamer assumida, é uma garota que ama o Japão e tudo referente ao assunto. Joga FPS e lê romances e aventuras. Também é uma futura química (não, não peçam para "cozinhar", porque se bobear, inventa um jeito de queimar até a água). Idolatra a Lara Croft. É uma nerd de todo coração!

Recomendamos para você