Toda hora surge um produto, cereal, grão, qualquer coisa, nova para colaborar com o emagrecimento nosso de cada dia. Agora, que toma a frente dos holofotes é o Painço! Quem cria passarinhos com certeza já ouviu falar dele. O Painço é um cereal cultivado e consumido há milênios por povos do Sudeste Asiático e África, porém no Brasil é habitualmente utilizado como alimento para pássaros, sendo bem conhecido por indivíduos adeptos à dieta macrobiótica (por ser considerado um cereal alcalinizador). A disponibilidade do produto tem despertado interesse para utilização, uma vez que culturalmente em nosso país o produto sempre existiu como “comida de passarinho”.

A “redescoberta” de cereais integrais é extremamente interessante no mundo moderno, pois estes produtos possuem altos níveis de nutrientes em declínio na dieta moderna. Como nos explica a chef funcional Lidiane Barbosa, o painço é um cereal integral riquíssimo em proteína, não contém glúten, alternativa para celíacos ou para quem segue uma alimentação livre de glúten, pode ser consumido como alternativa em forma de semente nas preparações, por exemplo, um cuscuz, um risoto, ou ainda podemos fazer farinha de suas sementes, para substituir a farinha de trigo.

É considerado um protetor do coração, fortalecedor dos ossos, auxilia no combate a diabete e na prevenção ao câncer de mama, é de fácil digestão e baixo teor de gordura. Por ser uma fonte de fibras, o painço ajuda na absorção da glicose pelo organismo, vantagem aos diabéticos. Lembrando que alimentos ricos em fibras proporcionam ao organismo, maior sensação de saciedade, redução do colesterol, melhor digestão e funcionamento do intestino, auxiliando no emagrecimento. Ainda segundo a chef, muitas vezes seu plantio serve para descansar a terra e acaba indo para o lixo ou para a ração de animais, deveríamos aproveitá-lo melhor.

A cada 100 gramas do produto, encontramos 12,5 gramas de proteína, 31,8 gramas de Carboidratos e 3,5 gramas de gorduras totais. Além disso, possui alto teor de fibras solúveis e insolúveis. Possui boa quantidade de alguns minerais e aminoácidos, essenciais para o bom funcionamento do
Possui uma boa quantidade de triptofano, que é uma das bases para produção no organismo de serotonina (hormônio responsável pela sensação de bem-estar). Como possui baixa quantidade de gorduras e uma boa concentração de carboidratos associados a fibras, o que causa uma absorção lenta de açúcares pelo organismo (o que fornece energia de uma forma mais linear e fisiológica).

Quanto aos minerais, possui boa quantidade de Manganês, Magnésio e Fósforo, essenciais para a manutenção e saúde de ossos e tecidos. Possui cerca de 120 Calorias a cada 100 gramas do grão cru. O produto pode ser encontrado em lojas de produtos naturais, feiras de produtos orgânicos e mercados especializados. Produtos destinados para o consumo animal não devem ser consumidos.

Vamos curtir uma receita de Cuscus de Painço?

painço cuscus

Ingredientes

2 xícaras de painço | 3 xícaras de caldo de legumes caseiro | 1 alho poró | 200 gr de tomatinho cereja | 1 abobrinha italiana | 1/2 xícara de uva passa ou goji berry | 1 cebola picadinha | 2 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem | sal do himalaia | pimenta síria

Modo de preparo – Coloque o painço para cozinhar no caldo de legumes caseiro. Atenção para deixar “al dente”. Refogue o alho poró fatiado fininho no azeite de oliva com a cebola. Acrescente a abobrinha italiana e em seguida o tomatinho cereja. Acrescente a uva passa e o painço. Mexa mais um pouquinho e está pronto. Acerte o sal e acrescente pimenta síria.

Receita retirada do cardápio da chef Lidiane Barbosa (veja aqui), mestre na culinária saudável. Siga ela no instagram, clique aqui!

Compartilhe: