Nas últimas semanas o papa Francisco causou mais um rebuliço mundo afora. Conhecido pela nova geração e redes sociais como o papa polêmico, dessa vez o pontífice resolveu se pronunciar publicamente sobre a Teoria da Evolução e o Big Bang. Na verdade não foi tão resumido assim o negócio, como a maioria dos portais anunciou. Ele estava em um evento na Pontifícia Academia de Ciências, no Vaticano, e se pronunciou sobre alguns assuntos. “Quando lemos sobre a criação, corremos o risco de imaginar que Deus tenha agido como um mago. Não é assim”, afirmou o papa aos cientistas.

Vamos lá: Juntando o que o papa disse, não dá meia matéria do que os portais publicaram, mas mesmo assim cá estou eu, querendo colocar mais lenha na fogueira com esse assunto. Para me acompanhar nessa reflexão, ninguém melhor do que o saudoso Carl Sagan, considerado o pai da ciência moderna e seu pupilo Neil Tyson, o responsável por atualizar o trabalho de seu mestre! Bora?

carl sagan admiração

Para quem não sabe, o papa Francisco era químico antes de entrar na Companhia de Jesus e reconheceu as teorias do Big Bang e da Evolução como corretas. O papa sempre disse que nenhuma dessas duas teorias era incompatível com a existência de um criador. Só para vocês entenderem, de acordo com o papa, uma coisa não exclui a outra, se você souber analisar todas as informações de uma forma bem coerente, as teorias e fatos católicos são entrelaçados. Claro que isso causou muita polêmica, mas acho que muita coisa não vai mudar em nossa vida, como as pessoas estão pensando, vai papa?

menino indignado com o papa

“Quando lemos o Gênesis (primeiro livro da Bíblia) sobre a criação, corremos o risco de imaginar que Deus tenha agido como um mago, com uma varinha mágica capaz de criar todas as coisas. Mas não é assim.”, essa foi a frase completa do pontífice. De acordo com o que foi defendido no evento, a criação do homem (por um Deus maior) foi necessária para que a teoria da evolução começasse a acontecer como conhecemos hoje.

Eu acho engraçado ver esse tipo de declaração indo para a mídia, a Igreja Católica sempre se posicionou de forma muito forte nos maiores momentos da humanidade e, não sei porque, mas desde que li essa notícia pela primeira vez, estou com a sensação de que coisas acontecerão. De acordo com o teólogo Fernando Altemeyer, as hipóteses científicas são discutidas pela igreja há muitos anos e nada disso que estão falando é novidade. “O que Francisco quer dizer não é que a igreja vai se meter nas questões científicas, mas que essas hipóteses não afetam a fé em Deus”, disse ainda o teólogo.

carl sagan brave

Claro que, um posicionamento público desses, muda o conceito da nossa sociedade. Por mais que saibamos da existência de diversas religiões no mundo inteiro, a católica foi uma das principais responsáveis pela formação de valores da sociedade atual (e passada também, se pararmos para analisar). Por isso que não defendo o 8 (teoria de que o papa está louco e cedendo às modernidades, que ouvi por aí) e muito menos o 80 (teoria de que tudo vai mudar a partir de agora. Lembre-se que a humanidade passou muitos e muitos anos acreditando que a Terra era plana e hoje isso parece um verdadeiro absurdo para todos nós.

science

Uma das coisas mais interessantes que li a respeito dessa história toda foi a seguinte frase do papa: “A ciência tem de assumir sua responsabilidade social. Queremos avançar em termos de conhecimento, mas também temos de colaborar para a resolução dos importantes desafios que a sociedade está enfrentando”. Isso é um fato muito importante e bem verdadeiro. Ambas as “instituições” possuem responsabilidades sociais gigantescas e, ao invés de se acusarem, resolveram se cobrar soluções. Acho que, para a sociedade, o resultado é transparente agora, mas o passo que a humanidade pode dar é imenso!

pope

Eu sei papa, o senhor deve estar extremamente cansado de toda a repercussão do que foi falado no fatídico evento, mas esse é o preço de ser uma pessoa pública, a gente comenta mesmo. Acho ótimo estar participando, mais uma vez, de um ponto chave na história da humanidade. Muitos se preocupam com o que os cientistas vão falar ou com o que o papa quis dizer com suas declarações, mas sabe o que me vem na cabeça? Que, independente do que aconteça, o papa conseguiu abrir um espaço no cérebro de muita gente, um espaço para questionar, pensar, analisar e concluir coisas óbvias que não seguem interpretações copiadas de outrem. E era exatamente isso que Carl Sagan e Neil Tyson defendiam em seus materiais de estudo.

neil de grasse

O mais importante não é a ciência excluir a igreja ou vice versa. O que realmente faz a diferença na evolução da humanidade, é o momento em que teorias, religiões e fatos se cruzam e criam um novo caminho a seguir. Podemos pensar diferente uns dos outros, podemos acreditar na ciência e ter fé ao mesmo tempo, você não precisa esconder seus pensamentos e crenças. A partir de agora, nada muda na sua rotina, mas tudo mudou dentro do seu cérebro. Você é capaz de olhar para o mundo e questionar como, por que quando tudo aconteceu, sem se sentir culpado de estar negando qualquer crença que tenha em sua vida.

Tive ânimo para escrever sobre o tema depois de ler o texto do Padre Haroldo J. Rahm, presidente emérito do Instituto Padre Haroldo e do Amor-Exigente. Vale a reflexão. 🙂

Compartilhe: