O começo e o fim de Cruella!

O começo e o fim de Cruella!

Pessoas… Voltamos mais uma semana com mais um episódio muito bom de OUAT! Espero que vocês concordem comigo, porque, olhem… Foi de abrir a boca, cair o queixo ou qualquer expressão que vocês queiram escolher! Tudo bem que o episódio foi voltado para a história de Cruella, mas, tivemos mais coisinhas, não é mesmo?! Foi um episódio muito tenso, principalmente por conta de seu final, e… Acho que é melhor eu parar de ficar enrolando tanto aqui e contar um pouco para vocês!!!

O contexto geral, vindo do episódio anterior

Bom, gente… Se vocês se lembram bem, irão recordar de que Regina estava ligeiramente desesperada, pois descobrira que seu amado está correndo perigo nas mãos de sua querida irmã Zelena, e mais, que ela e Gold estão trabalhando juntos. Então, se ela decidisse ir para NY, é claro que titio Rumple ia contar a ela… A não ser que Regina se ajuntasse com Bela… E foi o que ela fez, e a moça concordou. E aí, admito, foi muito uma cena de “The zueira never ends”, ao Regina fazer a Bela chamá-lo.

A Bela o chamou, conversou com ele, o beijou e… Falou que o Will beijava melhor que ele… Gente, foi impagável isso, mas pelo menos, antes do acontecido citado acima, ele acabou revelando o motivo pelo qual ele está atrás do Autor: seu coração já está quase 100% negro por conta dos anos de maldade e ele tipo morrerá se o coração se tornar totalmente negro (eu ainda acho que ele vai virar um tipo de monstro pior do que ele já é), e Bela falara tudo isso a ele, porque Regina estava no comando, com o coração de Bela em mãos, Regina faz qualquer coisa, e isso, serviu de chantagem para Rumplestiltskin. Regina, então, pode ir à NY e Gold ficará quieto. Mas…

E sempre tem um mas, Regina não chegou a conseguir sair da cidade, porque Cruella raptara Henry. E foi mais longe, só o libertaria se Emma e Regina matassem o Autor. Aí é meio estranho, né? Se a questão é com o Autor, por que ela não o mata direto e fica fazendo joguinho com o Henry?! É… Aí você começa a achar as coisas entranhas e começa a pensar: “Huuum… Tem algo podre no reino da Dinarmaca!!!”. Mas deixando citações shakesperianas de lado, continuemos com o OUAT.

Por fim, Cruella

O episódio começou já com Cruella e Malévola em combate! A dragãozinha foi tirar satisfações com Cruella por conta de sua filha recém descoberta, Lily. Olha, Cruella foi muito filha da mãe, para não falar com outra coisa, provocando Malévola daquele jeito, que é claro que prometera acabar com a raça da traidora, para isso se transformou em dragão. E não é que Cruella conseguiu dominá-la com o poder que ela tem?! Pensei que o negócio era só com cachorros, mas não, são todos os animais.

Aí depois, descobrimos que a moça e o Autor, cujo nome é Isaac, têm um passado. Mind Blown… Como assim, pessoas?! Ou eu sou muito desatenta ou os caras fizeram um enredo muito bem feito, porque eu juro que eu não desconfiava do passado de Cruella e Isaac. E deu para perceber que o passado não foi tão bom assim, nunca é, né?! Senão, não teria os conflitos de hoje em dia. Conflito este que fora descoberto por Rumple e vamos dizer que Isaac está nas mãos do Senhor das Trevas.

Os flashes do passado neste episódio

Floresta Encantada?! Nada disso! Passado de Cruella em um mundo paralelo no qual Isaac viajava (se bem que poderia ser muito bem Inglaterra ou EUA nos anos 1920), uma menininha que era perseguida por sua mãe e seus dálmatas, não tinha liberdade nenhuma e vivia presa no sótão. Com o tempo a menina cresceu, mas ainda continuava presa, até que Isaac apareceu. O Autor estava neste mundo, e jornalista que virara, fora conversar com a mãe de Cruella, que já enterrara 3 maridos. Ela foi averiguar a história, mas foi enxotado pela senhora.

ouat-150418

Aí que entra Cruella, ela, em troca de liberdade, lhe contaria a história. Fora para um bar, a pedido da moça, se divertiram, dançaram, Isaac se apaixonou e acabou contando o seu segredo, que ele era um Autor mágico, que poderia alterar as histórias, e nisso, ele lhe deu o poder de controlar todos os animais. Ela, com este poder, foi ter com a mãe, para mostrar que ela não a dominava mais, mas quis ir sozinha, para um acerto de contas. Isaac deixou a moça pegar o carro que ele tinha (o carro de Cruella) e a moça prometeu que voltaria para fugirem juntos.

No lugar da moça, aparecera a mãe dela, e contou a verdadeira história da moça, quem matou os maridos, fora a menina, e não a mãe, como ela sugerira anteriormente, e é claro que o Autor não acreditou e a mandou embora. Quando a mãe chega em casa, Cruella a espera, domina os cachorros, os faz matá-la, os mata e faz o casaco de dálmata. Dá para perceber a psicopatia que a moça possui e Isaac, dando por falta de sua caneta e tinta mágicas, vai atrás dela.

418RiseOfTheDevil

Ele já a alertara que não era bom derrubar a tinta, porque não se sabia o que poderia acontecer, mas, em uma briga pela posse da caneta, foi derrubada tinta na Cruella, por isso que ela ficou desse jeito, com o cabelo estranho e tudo mais, e, Isaac, conseguindo a caneta de volta, escreva em um papel que Cruella não poderia mais matar, salvando-se da psicopata. É claro que ela não gostou disso e isso faz dela, uma pessoa inofensiva.

Mas… E lá vem o mas, novamente

Emma não sabia disso, e é claro que partiu desesperada para salvar seu filho. Fazendo um resumo: Ela está super brava, magoada, com raiva e tudo o que vocês quiserem falar com os pais, não consegue perdoá-los, está já com um pézinho no seu lado sombrio, Rumple está forçando que isso aconteça para que ele consiga se salvar, aí vem a Cruella, sequestra seu filho e, Emma não sabendo que Cruella não era uma ameaça, mata a vilã (e sabemos que, matar alguém, deixa o coração manchado), então o processo sombrio em Emma começou.

once-upon-a-time-150419a

Então, a única coisa que se pode fazer é correr para as colinas! Independente da brincadeira, terminamos o episódio com Emma com um pézinho a mais no lado negro da força, Cruella morta, Regina ainda e Storybrooke (e ela realmente vai ser necessária lá), Bela aos comando dela, Rumple bravo, sem poder fazer muita coisa, mas com a caneta mágica do Autor e com o próprio, ou seja, corram para as colinas, mesmo, porque vai vir coisa muito mais pesada…. Ansiosa pelos próximos episódios…. Só me questiono agora como foi que Cruella parou na Floresta Encantada, espero que digam… É isso, espero que tenham curtido!!! Até a próxima!

Natalia Cordeiro
por

Natalia Cordeiro

Sou Whovian por opção, tenho Letras por formação e escrevo por paixão. Apaixonada pelo o azul e o non-sense (entende-se então TARDIS e Alice no país das maravilhas) e por corujas em geral. Quero mostrar um pouco do meu país das maravilhas através de seriados, filmes, livros e músicas, e por vezes, tento me aventurar e tenho grande paixão por poesia!

Recomendamos para você