Vai pessoas, podem começar… “Let it go… Let it go”… Brincadeiras à parte, é mais ou menos isso que podemos falar de White out, o 2º episódio da quarta temporada de OUAT! Claro que teve os adicionais, e os clássicos flashbacks da vida das pessoas pré e pós maldição, mas enquanto trajetória de Elsa, percebe-se que se seguiu bem o roteiro da animação Frozen, o aparente descontrole de Elsa e Anna salvando, mesmo que longe… Teve algumas coisas desconexas no episódio, não necessariamente com relação ao “Núcleo Frozen”, mas, sei lá… Vou comentando conforme for escrevendo… Preparados para acompanhar, então?! Seguiam-me, por favor!

Primeiramente, em se tratando de Elsa, que todos concordam que é o foco principal, pelo menos do começo dessa temporada, como eu disse, ela meio que se apresentou, como ela se apresenta na animação da Disney, Frozen, aparentemente descontrolada, no que digo, os poderes. Como ela encontrar o colar de Anna na loja do Gold, pensando que a irmã estava presa na cidade, decidiu formar uma barreira de gelo para ninguém mais sair da cidade… E mais uma vez, todos estão presos em Storybrooke… O que ela não sabia era que iria acabar com a eletricidade da cidade…

Claro que Charming e sua filha iriam checar o que aconteceu. Hook chega lá também, ele abordado a Emma pela falta de encontros que ela os submete por estar evitando o moço (como pode isso, minha gente?!), Emma vê algo no muro e vai lá dentro ver (por que ela sempre tem que fazer isso?!) e lá vê Elsa… Tudo bem que no começo elas se estranham, afinal, a Rainha do Gelo está arredia procurando a irmã, se descontrola mais ainda e, deixa não só ela, mas Emma presa, no que seria um castelo de gelo.

Emma até pergunta se Elsa não está com frio, mas o que poderíamos esperar?! Ela responde que o frio não a incomoda (nem parece com a música), mas o que acontece é que a moça perde o controle, vai esfriando cada vez mais e Emma vai desfalecendo por hipotermia… E foi tão bonitinho o Hook tentando derrubar o muro de gelo com o gancho dele!!! E mais fofo ainda o David perguntando quais eram as intenções de Killian para com a filha dele, momento fofura do episódio, mas congela aqui, tá, a Elsa já fez isso, mas vocês entenderam…

Enquanto isso, a Regina está super triste e até dispensa a visita de Henry (nunca pensei que fosse acontecer isso e nunca pensei também que Henry viraria um super coadjuvante!) e aí ele fica super triste, também… E é claro que se a Regina está triste, dane-se que ela é a prefeita e muito menos a cidade… Agora, o que eu achei meio sem noção é o povo ir atrás da Snow, reclamando que a cidade estava sem luz e já que a Regina não queria mais saber de nada, ela seria a nova prefeita. Tudo bem, até que isso seria mesmo governar, tudo o que a Snow queria e agora precisaria fazer, mas a cena foi muito infantil!!! Gostei dela ter descoberto como fazer a cidade funcionar de novo…

Nos flashes, vimos que Anna foi diretamente falar com David, que ainda não era Charming, e ele é amigo de Kristoff… O legal foi perceber a força que Anna tem, porque foi ela que ensinou David a ser o que ele é hoje, assim como ela também ensina Elsa a se controlar. Teve toda aquela cena com Betty, a feiticeira pastora com quem o futuro Charming teve que lutar e também achei a resolução rápida demais… Por conta do colar, David percebe se tratar de Joan, o nome falso que Anna lhe deu, e falando tudo o que a moça lhe teria dito anteriormente para ele se salvar da feiticeira, ele disse a Elsa, que consegue descongelar parte da muralha e salvar Emma.

No final do episódio temos a cena da família feliz e Snow conhecendo Elsa. Eles decidiram não desistir e ajudá-la, é isso que a família Charming faz, não desistir de quem se ama, e Henry vai atrás de Regina, outra cena muito bonita.  E no final, quando Elsa vai tentar remover a muralha de gelo, ela não consegue e até fala para Emma que, se ela é a única que tem este poder, porque ela não consegue?! Isso porque percebemos que tem outra moça, um pouco mais velha que ela, que possui o mesmo poder que ela… E para acabar tudo de vez, ao se despedir, a mãe de David dá o nome de Rumplestiltskin para Anna… Pelo menos todos sabem que ela está viva… Mas, vai saber lá o que aconteceu!!!

Considerações: Como disse, cena completamente boba essa de todos indo atrás de Snow, embora já passou da hora dela assumir o tão almejado trono, mesmo que seja para ser prefeita! Cenas altamente fofas com David perguntando das intenções de Hook, Henry e Regina e o Hi five entre Snow e o filho. O que eu curti: a força de Anna, e a dúvida sobre o que aconteceu com ela. Tem a ver com Rumple?! Ansiosa para saber!!! E finalmente a teoria da conspiração: o rei e a rainha de Arendelle morreram porque eles queriam ir atrás da mãe de Elsa (acho, pessoas, MINHA OPINIÃO) para entender um pouco dessa magia dela, acredito que Anna é sim filha legítima do casal, mas Elsa é da Floresta Encantada e aquela moça é sua mãe… E eu estou tentada a achar que ela será a vilã…

Viajei!? Sim?! Não?! Talvez?! Comente e conte-nos a sua impressão sobre o episódio… Eu ainda não sei se eles acertaram em colocar Frozen no enredo e estou esperando melhorar…. Não sei se estou um pouco mais chata do que o normal, mas, ainda estou achando meio esquisito… Então, espero a opinião de vocês, pessoas… E até mais!