Aeeeee…. OUAT voltou para matar as nossas saudades!!!! É… Parece que foi ontem que estreava a 1ª temporada e cá estamos na quarta! Pois é… Deixando de saudosismos, vamos ao que interessa!!! OUAT voltou e trouxe as várias incógnitas e trouxe mais outras ainda… É… Deu para perceber que muita coisa ainda está por vir, por aí… Espero que seja uma boa temporada, e já explico o porquê desse comentário… O que eu acho que eu preciso fazer agora, é deixar de blá blá blá e ir direto ao que nos interessa… Vamos ao episódio?! Me acompanhem, por favor!!!

O episódio começa com a morte dos pais da Elsa e Anna, e o segredo que a mãe queria revelar às filhas… E a mensagem dentro da garrafa que eu espero que seja encontrada logo, para eu não morrer de  cataporas de curiosidade… Mas enfim… Logo corta para 5 anos depois, e as duas filhas colocando flores nos túmulos dos pais. E o casamento da Anna, e a descoberta de um diário da mãe das duas que faz Elsa ficar triste… Os pais morreram e foi por culpa dela, afinal, eles estavam indo para algum lugar por causa dela. E é claro que vemos ela ficar profundamente triste.

Nos tempos atuais, Elsa anda por Storybrooke como se soubesse aonde ia. Cruza com os anões e congela o carro. Deixa o seu rastro congelado, sinal do seu destemperado humor, ela faz aquele boneco gigante de neve, por se sentir ameaçada, mas ela se atentou a um jornal, a foto de Bela e o Rumple… E uma corrente, a correntinha que ela fizera para Anna, como presente de casamento. Daqui a pouco falemos do Gigante de Neve, ele terá uma grande importância na outra parte do enredo.

Como Anna e Elsa descobriram o diário da mãe, Anna foi pergunta ao Troll, da família que criou Cristoff, se ele sabia aonde seus pais iriam (e gente, achei o Troll a coisa mais fofa, e inclusive tinha um entalhado em Storybrooke), e ele disse que os pais delas iam para Misthaven. Ele não sabia o motivo da ida deles, mas eles iam para lá… E qual foi a primeira coisa que Anna pensou?! Claro, ir pra lá para saber o que é que os pais queriam e provar para Elsa que eles não achavam que ela era um monstro… Agora, congela um pouco aqui, com o perdão do trocadilho.

Voltemos à cena do restaurante. Marian, Robin, Regina… Gente, que terrível isso, já tinha falado isso no fim da temporada passada. Marian, fica revoltada por ver Robin com Regina, chama a antiga Rainha má de Monstro e a Regina vai embora… De cortar o coração, cogitam até de ir atrás dela, mas, acharam melhor da um tempo. Ela fica quieta e vai procurar nada mais nada menos que, o Espelho, ah ha… Eu nunca pensei que o colocariam novamente na trama! Mas enfim, apareceu… Ela queria que ele voltasse para ele mostrar a ela o momento exato em que ela mandou matar Mirian, para voltar no tempo e impedir que Emma fizesse isso novamente.

Ele, já de volta no espelho, faz isso… E a cena que Regina vê, pareceu, pelo menos, primeiramente, que comoveu Regina. Robin foi falar com ela, disse que os sentimentos por ela, foram e são reais, mas, ele fez o voto, e ele teria que seguir o código. Malditos escritores que ferram com a vida da Regina. Isso foi bem triste, e, quando eu falei que voltaríamos a falar do Gigante de Neve, ele foi correndo para a floresta e, Regina salvou Marian… É… Pensei que ela tinha tomado jeito, mas que nada… Está planejando com o Espelho, uma forma de eliminá-la.

Tivemos uma cena bonita de Gold conversando com o seu filho, já enterrado. Ele trocou as adagas com a Bela, dando-a a verdadeira e eles foram passar a lua de mel em um tipo de choupana que Bela achou, e lá, tinha uma caixinha, tipo caixinha de música, que era de causar curiosidade. Depois, quando Bela dormia, o nosso querido Rumple pega a adaga, passa por cima da caixinha, e ele se transforma em um chapéu, semelhante àquele do mago, sabe? Disney Fantasia e o Mickey enfeitiçando as vassouras? Pelo menos foi o que eu me lembrei. Além da dança entre os dois, a la Bela e Fera, da Disney.

E por fim, dois acontecimentos bombásticos! Regina decidindo procurar quem está escrevendo o livro que sempre a pinta de vilã (seria meio Supernatural e a questão do Metatron?) e a Elsa indo diretamente para a loja de Gold, procurando a correntinha que ela dera para a irmã, falando que ainda a encontraria, tirando que nos foi revelado que Misthaven é a tradução de Floresta Encantada. Quem conta isso à Elsa é Cristoff… E colocaram até Sven no enredo… Pois é…

Bem, pessoas, ainda não consigo dizer se Frozen foi uma boa inserção. Essa sacada de procurar o “escritor do livro”, achei fantástico, Regina sofrendo de novo, um saco… Emma e Hook, no aguardo para ver onde isso vai dar, e sinceramente, não gostei do ator que faz o Christoff… E cadê o Olaf?!!? Enfim… Comentem o que acharam, porque assim, as características dos personagens da animação são bem parecidos, mas, encaixará no contexto de OUAT?! Bom… Esperemos… Até mais, pessoas!!!