Olá pessoas! O 14º episódio da 3ª temporada de OUAT não foi um episódio de grandes embates, pelo menos os que eu estava esperando, mas isso não quer dizer que foi ruim. Inclusive, acho que foi até muito bom. E, antes mesmo de falar que o episódio fora focado no David, ou o Charming, como vocês preferirem, acho que posso dizer que o enredo fora focado no medo, dele e de Rapunzel. Isso mesmo, pessoas… A Rapunzel apareceu, claro que não fazendo parte da história principal, mas como um artifício para mostrar a Raiz Noturna, algo que, teoricamente, teria que afastar o medo, mas que na verdade, o faz encará-lo. Não entenderam nada, calma que eu explico melhor! Vamos ao review de The Tower, então?

O episódio já começa com um pesadelo de Charming, ainda na Floresta Encantada, com a Emma, e o seu sentimento de falha, por não ter sido um bom pai, inclusive, a filha perdida, o alerta que ele falhou com ela, mas pediu para que não falhasse com o próximo. Ele acorda, e Snow diz que está grávida. Isto causou um certo pânico no príncipe e em uma conversa com o Robin Wood, fica sabendo da Raiz noturna, uma raiz mágica que tiraria o medo de David. Mas vimos que tirar o medo, não é uma coisa tão fácil assim.

Chegando lá, ele pegou a raiz, escutou o pedido de socorro, que vinha de uma torre, daí o nome do episódio, The Tower, e é claro, seu instinto falou mais alto e foi salvar a pessoa que estava em perigo. Rapunzel, uma princesa, com um cabelo muito muito longo e presa em uma torre. Ele queria salvá-la, mas, de repente, a bruxa apareceu, uma bruxa bem do estilo Supernatural, que andava meio contorcida e rapidamente, pra dar medo. Na verdade, é meio Supernatural e meio dementador de Harry Potter (só eu mesmo, OUAT já mistura vários elementos e vem eu, e misturo mais ainda). Ela atacou David e ele percebeu que a bruxa era a própria Rapunzel, ou melhor, a personificação de seu medo. E é exatamente o que a raiz faz.

Ela personifica seu medo, para que você o encare, o único jeito de se livrar dele. Rapunzel não tinha coragem de enfrentar o medo de ser uma líder, que ela seria assim que seus pais morressem e, aí que eu achei a sacada de mestre do episódio. Os cabelos eram como correntes que a impediam de sair da torre, que a seguravam, a mantinham neste medo irracional que ela tinha, pois foi no momento que ela cortou os cabelos, derrubando a bruxa, é que ela conseguiu sair de sua prisão. A enorme torre.

O medo de Rapunzel

E por que nos foi mostrado tudo isso? Porque, como já falei no post do episódio passado, a Wicked Witch mantém Rumple preso, e ele possuía em um cofre, um pedaço da Raiz Noturna, raiz esta que Zelena usou em David, já que era notável o medo que este estava sentindo em ser pai. O detalhe é que, manipulando a “Bruxa do Medo”, Zelena conseguiu roubar a bravura de David, como vimos no episódio, o cabo da espada que Charming usou pra matar o seu medo, desapareceu, ou seja, foi para a Witch, símbolo de sua braveza, como se ela tivesse absorvido para ela, a coragem do príncipe. Pra quê?! Ainda não entendi. Os escritores de OUAT poderiam nos definir isso logo, só acho!

O medo de Charming

Isso que escrevi até agora, acho que foi o ponto principal do episódio, mas aconteceram mais coisas, que me deixam com dúvidas, revoltas, esperançosa, sei lá. Primeiro, o clima que rolou, novamente, entre Emma e Hook, ele chegando a conclusão que o coração dela ainda funciona, já que ele fora quebrado pelo “Walsh macaco alado”, me dá uma esperançazinha que eles fiquem juntos, torço mais por eles do que pelo Neal, que ainda está desaparecido.

Regina se resigna e fica com Henry, como uma simples amiga de Emma, mas faz questão de cuidar do filho, com razão, já que a bruxa está solta. E por falar nela, ela ainda mantém Rumple preso, ainda mais de posse de sua adaga, ela o controla, agora, por qual motivo?! Só para roubar seus artigos mágicos?! Ainda não dá para saber, mas eu desconfio que tem algo a mais, sempre tem. Mas tem uma coisa que me incomoda mais ainda, por que a Snow, enquanto Mary Margareth, é tão tonta desse jeito? Como consegue confiar tão cegamente em uma estranha? Não consigo entender como ela pode mudar tanto a personalidade de um mundo para outro, desculpem pelo momento mimimi.

Rumple e Zelena

Sinceramente, essa segunda metade da 3ª temporada de OUAT está bem melhor que a primeira, me deixando muito mais em dúvidas e curiosa com o que pode vir. E, analisando o episódio, achei muito legal a mensagem que ele passou, que devemos encarar o medo que temos, como a melhor maneira de nos livrar dele, e como ele pode nos imobilizar, muito bem representado pelos cabelos e pela torre de Rapunzel. Uma bela metáfora que usaram, não? Até a próxima, com mais OUAT, pessoal!

Compartilhe: