OUAT – S03E12 – New York City Seranade

-por , em 11/03 -
OUAT – S03E12 – New York City Seranade

“Ding dong the Which is dead…”. Não não não… Não em OUAT! Pois é meu povo, Once Upon a time voltou, depois deste enorme e cruel hiato, mas eu vou admitir, a espera foi longa, mas compensou! Que episódio foi esse minha gente?!?! Foi engraçado ver a Emma e o Henry vivendo normalmente, e ela noiva, quem diria… Estranho ver o Henry não acreditando em magia, eles se esforçando, e não conseguindo, esconder a barriguinha da Gennifer Goodwin que está gravidinha (para quem não sabe, ela namora seu par romântico na série) e sim, a Wicked Witch de Oz. Sim, repito, adorei este episódio!

Sério, estranho mesmo ver a Emma levando uma vida normal, quase noiva, e o noivo dele, fofo até, ela e o Henry não lembrando da sua verdadeira história, até que Hook aparece depois de decorrido um ano, do nada, falando que a sua família estava correndo perigo, para ela que tinha na memória que era órfã e de como a vida fora difícil. Agiria como ela, acharia que o cara era um louco e que ele estava inventando coisa. Mas foi muito interessante a abordagem que fizeram Hook usar para fazer Emma se lembrar de sua real vida.

Como vimos no final do episódio antes do hiato, vimos que ele tentou o beijo do amor verdadeiro (que infelizmente não deu certo, queria muito que fosse Hook e Emma), aí ele foi fazendo pequenas aparições para Emma e deu o antigo endereço de Neal, e aí que eu acho que foi a sacada genial do episódio. É claro que tudo o que se passou lá não iria se transformar, afinal de contas, não fazia parte do feitiço de Regina, logo não se transformaria de volta, aí a Emma acha uma antiga câmera de Henry, com fotos em Storybrooke, ela aceita a poção que faz voltar a memória e lembra. Sim, foi genial… O apartamento de Neal. Adorei.

Outra coisa que foi um máximo no episódio, foi o “noivo” de Emma, Walsh. Como falei, fofinho, bonitinho, pedindo em casamento de um jeito carinhoso e original, cheio de lembranças do primeiro encontro de ambos. Quem não gostaria de ser pedido em casamento assim, não? Mas, a Emma é a Emma, né? E é claro que ela precisaria de um tempo pra pensar. O que acontece que, no dia do jantar que ela iria aceitar o pedido, ela tomou a poção, aí já viu, né?! Claro que não iria aceitá-lo, porém, ao se justificar, ela acabou falando que iria trocá-lo por um fantasma do passado e ele vira e diz: “E eu preferiria que você não tivesse tomado a poção!”

Walsh

Aí você pensa: “What?! Como assim?!”, Walsh é um macaco alado da Wicked e, interpreta-se que ele estava lá para cuidar de Emma e de repente, mantê-la longe de Storybrooke, que aliás, foi o local para que ela voltou. Em uma situação estranha, pois, se no começo era o Henry que a trouxe para acreditar em uma coisa que ele acreditava piamente, dessa vez, ele entra na cidade, como aquele que não acredita. Emma se encontra com os pais, que não conseguem explicar o que aconteceu, desconfiam de um novo feitiço, mas não sabem quem lançou e porquê… Nem tem a noção de quanto tempo voltou, têm mais ou menos, porque Snow (ou Mary Margareth) está grávida, mas sabem que lembram de quem são, mas tem a impressão de que se passou 1 dia. Enfim, vai lá saber qual é o motivo desse novo feitiço.

Porém, a única coisa que me deixou decepcionada, foi a “volta” deles para a Floresta Encantada. Aparece lá Aurora e Phelippe e, de repente, eles aparecem, Snow, Charming, os anões, a Regina todos juntos e eles decidem voltar, todos juntos para o castelo, Snow e Regina aliadas, para o bem do povo que estava voltando assustado de Storybrooke. No caminho, Snow descobre que Regina tirou seu coração, disposta a enterrá-lo para não sofrer, e a convence de continuar com o coração, pelo Henry. Ela aceita, e de repente, estamos de volta à Storybrooke. E o cabelo da Snow estava horrível!!!

Snow e Charming

Ficou claro que, quem fez isso, foi a Wicked, e percebeu-se pelo fim do episódio que ela quer se vingar a todo custo de Regina. Agora, o que será que Regina aprontou, mais uma vez, para agora a Bruxa Má querer se vingar? É… Percebe-se que muita água ainda vai rolar e eu quero saber o que vai sair daí. Apesar de a parte da Floresta Encantada ter sido extremamente fraca, adorei o episódio e estou realmente curiosa para saber o que aconteceu.

Ah, antes de me esquecer,  para não falar que as cenas da Floresta Encantada foram de todas perdidas, depois de Regina e Snow terem sido atacadas por um macaco alado, quem as salvou, fora Robin Wood, e vocês lembram que ele é o amor de Regina, visto isso no episódio que se falava da Sininho e, agora, será que ele veio para Storybrooke, também?! Os escritores, pelo menos a mim, me encheram de curiosidade, espero que mantenha nesse ritmo.

Wicked Witch

Saldo positivo para o episódio, e espero que tudo lá se acerte. Eu, já estou ansiosa para a próxima segunda-feira (já viu alguém falando que está esperando por segundas?), pra ver o próximo episódio! E espero que vocês tenham gostado, também. Então, até a próxima e que venham mais bons episódios por aí! Au revoir!!!

Cris Siqueira
por

Cris Siqueira

Nerd, administradora, RPGista, apaixonada por gastronomia, curiosa sobre todos os assuntos e acha que Darth Vader é Deus. Gasta seus “bons tempos” escrevendo, lendo, vendo seriados e viajando. Reza todos os dias para tirar sempre 20 nos dados e nunca morrer no meio de uma batalha!

Recomendamos para você