A Academy of Motion Picture Arts and Sciences anunciou novas mudanças para a cerimônia do Oscar 2021. As adaptações ocorrerão em decorrência dos efeitos que a pandemia do coronavírus teve no universo cinematográfico. Durante uma reunião que aconteceu nessa terça-feira (28), o conselho aprovou uma medida temporária no requerimento de que o filme precisa ter sido exibido por pelo menos 7 dias em um cinema para ser aceito no Oscar.

Ao invés disso, os filmes poderão ser exibidos digitalmente, sem ter ido para os cinemas. Entretanto, isso não quer dizer que qualquer filme exibido em um streaming será elegível para o Oscar. Algumas regras precisam ser respeitadas. O filme precisa já ter tido um plano de ser exibido nos cinemas e também precisa estar disponível no Academy Screening Room. O serviço é apenas para membros e o filme precisa chegar lá com pelo menos 60 dias dentro do período em que será disponibilizado.

Por enquanto…

Uma vez que os cinemas receberem autorização para serem abertos novamente, a medida de 7 dias de exibição voltará a ser obrigatória. Quando voltarem os cinemas, a Academia também irá expandir o número de cinemas qualificados para receber filmes do Oscar. Os mesmos poderão ser exibidos fora do condado de Los Angeles, em cidades como Nova York, Bay Area, Chicago, Miami e Atlanta.

A Academia também anunciou mais uma mudança. Uma categoria do Oscar será eliminada. As categorias de Mixagem de Som e Edição de Som passarão a compor uma única categoria, reduzindo o número de troféus para 25.

E não foi só isso que mudou. Além da redução de categorias e da autorização de filmes de streamings, pela primeira vez todos os membros da Academia serão convidados para participar da rodada preliminar de votação para filme internacional.

A 93ª Cerimônia do Oscar acontecerá no dia 28 de Fevereiro de 2021.

LEIA MAIS SOBRE EVENTOS