Em 2019 chegou às livrarias “Os Testamentos“, livro que da sequência o já aclamado Best Seller de Margaret Atwood, intitulado “O Conto da Aia“. O livro aborda os eventos de Gilead, 15 anos após os acontecimentos do original, explorando as ruínas do País e as pessoas por trás de sua queda.

A partir daqui, talvez não seja interessante seguir caso se importe com spoilers.

A Hulu confirmou anteriormente que a 4ª temporada de O conto da Aia (The Handmaid´s Tale), atualmente paralizada em virtude do coronavírus, irá adaptar o materias oriundos de Os testamentos.

Isso quer dizer que nós podemos esperar conhecer o comandante Kyle, Paul Saunders e Tabitha. Mas qual seria a importância de se inserir o Comandante Kyle?

O comandante Kyle aparece no romance, como o pai adotivo de Agnes – mais conhecida como Hannah (Filha de June/Ofred).

Para quem não se lembra, na terceira temporada, June chegou a ter alguns “encontros” com Hannah, nos entanto após tentativa de reaver a criança, ambas foram afastadas novamente.

Em Os Testamentos o comandante é descrito como um homem frio e desapaixonado. Ele é um membro cruel dos escalões superiores de Gilead e vê sua “filha” como moeda de troca, após a morte de sua esposa Tabitha.

Na série, Agnes/Hannah é cuidadda pelo comandante MacKenzie e sua esposa; é possível que a família MacKenzie venha substituir o comandante Kyle e Tabitha, servindo como personagens equivalentes.

Mas, é válido lembrar que, ainda na 3ª temporada, foi dado a entender que Agnes/Hannah, havia sido trocada de família, saindo dos Mackenzie, o que poderia assim justificar a ida para família do Comandante Kyle.

No mais nos resta aguardar e torcer para que os outros arcos, além do de Agnes/Hannah, tenham espaço na série.

As três temporadas de O Conto da Aia estão disponíveis no Globoplay.