Olá coxinhos! O terceiro filme da Semana Animada! é Os Croods. E, antes que alguém fale qualquer coisa, sim a Cris já fez um review sobre esse filme há alguns meses atrás e, se você ainda não leu a review dela, basta clicar aqui.

 

CROODS1

 

Já leu a review da Cris? Ótimo! Então, vocês perceberam que ela fez uma paralelo entre o filme e o mundo corporativo. Depois que eu assisti ao filme, eu vim para o site e reli o que a Cris havia escrito e, de fato, é possível fazer esse paralelo entre o filme e o mundo corporativo. Porém, essa não foi a primeira interpretação que eu tive do filme.

 

Isso é bem interessante, pois mostra como duas pessoas que viram o mesmo filme (e que gostaram do filme, diga-se da passagem) podem ter duas interpretações e visões diferentes da obra, baseadas em suas diferentes experiências de vida e visões de mundo.

 

Eu sempre fui um cara meio filosófico. Ou seja, sempre passei horas acordado deitado na cama me perguntando coisas importantes, como “qual o propósito da vida?”, “O que estamos fazendo aqui?”, “O que acontece depois que a gente morre?” e, claro, “Se eu tivesse que me relacionar com uma mulher que fosse metade mulher, metade peixe, eu ia preferir uma sereia, ou uma mulher com cabeça de peixe e pernas femininas?”

 

E, enquanto assistia Os Croods, a primeira coisa que veio a minha cabeça foi O Mito da Caverna, de Platão. Para quem não conhece, a Alegoria da Caverna fala sobre como podemos nos libertar da escuridão de nos aprisiona através da luz.

 

MITOCAVERNA

 

Basicamente, Platão fala que nós estamos dentro e uma caverna e que, nessa caverna, tem um muro que nos separada do mundo exterior. Nós estamos amarrados de modo que somos obrigados a olhos para o fundo da caverna. Por cima do muro, há um fonte de luz, passa por cima  de nossas cabeças e ilumina a parede do fundo da caverna e, do outro lado do mudo, há pessoas que colocam figuras contra a luz, criando sombras na parede. (Ou algo assim, espero que eu tenha conseguido me expressão de forma clara).

 

Platão afirma que o que nós vemos é só uma sombra da realidade do mundo e que, se algum dia, um de nós se libertasse das correntes, pulasse o muro e fosse para fora da caverna, veria como o mundo é lindo e cheio de horizontes novos que ele sequer imaginava. Ele iria voltar para avisar aos outros, que teriam tanto medo desse novo mundo e dessas novas verdades, que acabariam matando esse indivíduo, por falar coisas tão absurdas e pregar a saída da caverna.

 

CROODS2

 

Para quem ainda não viu os Croods (nem leu o review da Cris) segue uma rápida sinopse do filme: Os Croods é uma família de homens das cavernas composta de seis integrantes: pai, mãe, sogra e três filhos. O pai da família, Grug (interpretado por Nicolas Cage), sempre manteve os Croods seguros. Mas essa segurança vinha com um preço: a família era obrigada a passar a maior parte do tempo trancados dentro de uma caverna, saindo apenas para caçar de três em três dias.

 

Eep (dublada pela lindíssima Emma Stone) é a filha adolescente, que odeia ficar na caverna e anseia por explorar e conhecer o mundo lá fora. Certo dia, ela sai da caverna sem permissão e conhece Guy (Ryan Reynalds) um rapaz cheio de ideias revolucionárias e criativas.

 

Depois disso, uma série de eventos acaba resultando na destruição da caverna e os Croods se veem obrigados a explorar o mundo em busca de um novo lugar seguro para morar e sobreviver. De início, os Croods têm medo dessas mudanças, mas, enquanto a história se desenvolve, eles vão sobrevivendo e aprendendo a confiar em Guy.

 

CROODS3

 

Agora, me digam se esse filme não é um leitura do Mito da Caverna, quase que literalmente. Tem uma maldita caverna! Se Platão estivesse vivo, estaria orgulhoso. (Ou não, sei lá, não conheci o cara).

 

Agora que já lhes entediei com essa pequena aula de filosofia, eu gostaria de concluir o texto dizendo que gostei muito do filme. Os Croods é uma história inteligente que fala sobre enfrentar seus medos para lidar com as mudanças que o mundo as vezes impõe em nossas vidas. O filme é visualmente lindo, muito bem escrito e engraçado. É diversão garantida.

 

Perfil Bruno

Bruno Machado

Os Croods é diversão para toda a família.
A favor dos nerds e contra a tirania dos kibes.
Facebook